Funcionários de construtora constroem casas para cães abandonados


Uma equipe da Construtora Zagonel, de Lajeado (RS), coordenada pelo Comitê de Ações Sociais da empresa, construiu dez casinhas que foram doadas para as Associações de Proteção aos Animais de Lajeado (Apama) e Teutônia (Apante).

Cães da entidade já fazem uso das casinhas (Foto: Divulgação)

Foram utilizadas sobras das obras – como madeira, telhas e tinta – na construção das casas. Os funcionários realizaram o trabalho voluntário nas horas de folga. As entidades receberam também doações de bonés, cuias, bombas, aventais e canecas. O projeto das casas foi entregue à Apama e Apante, para que possam dar continuidade à produção.

O objetivo do comitê da empresa e dos voluntários com a ação é, além de auxiliar diretamente as ONGs, estimular pessoas e organizações se integrar a projetos sociais voltados para a diminuição dos maus-tratos e abandono de animais.

Funcionários da construtora fizeram as casas de forma voluntária (Foto: Divulgação)

A presidente da Apama, Rita da Silva Azambuja, contou ao Portal Gaz que a entidade ficou feliz com o carinho dos voluntários e o capricho com que as casas foram feitas. “O trabalho é voluntário e qualquer auxílio será recebido com muita gratidão”, diz. As casas já estão sendo utilizadas pelos cães da ONG, que atualmente abriga cerca de 300 animais.

As entidades aceitam doações da população. Os itens necessários para o brechó que arrecada fundos para os cuidados com os animais são cobertas, toalhas e roupas. Ração, shampoo e material de limpeza também são bem-vindos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>