Biólogos afirmam que suposta onça vista no Itamaraty é um gato


Biólogos do Distrito Federal, pesquisadores de grandes felinos do cerrado, afirmaram ontem (23) que a onça vista no Itamaraty é um gato doméstico, contestando então o posicionamento da Polícia Militar de que uma onça-pintada ou parda teria entrado nas dependências do prédio. 

As imagens feitas pelas câmeras de segurança da sede do Ministério das Relações Exteriores na última segunda-feira (21), segundo a PM, a suposta onça pesa cerca de 60 kg e esteve na área interna de um dos anexos, na Esplanada dos Ministérios.

Biólogo diz que a posição da câmera dá a falsa impressão de o animal é maior (Foto: Reprodução)

“Não é uma onça e sim um gato doméstico. Poderia ser um jaguarundi, que é do mesmo porte, mas como eles têm hábito diurno, a gente descarta. A região tem muitos animais domésticos abandonados”, afirmou o biólogo Pedro Rodrigues em entrevista ao portal G1.

Há ainda outro biólogo do DF que também afirma que se trata de um gato doméstico. Fábio Soares explicou o fato de a câmera estar posicionada próximo à cancela “dá uma falsa impressão de que o animal é maior”.

 “A partir das imagens, analisamos a altura da cancela, do mastro e do meio-fio e, pelo porte do animal, comparado com esses objetos, percebemos que se trata de um gato doméstico”, concluiu.

Versão da PM

A Polícia Militar do DF garante que o animal que circulou pelo Itamaraty é uma onça.

PM faz medições no local (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

“Foi confirmada através das filmagens uma onça parda de peso entre 50 e 60 quilos. O batalhão da polícia ambiental está desenvolvendo buscas para resgatar o animal”, afirmou.

A PM voltou ao local para realizar uma espécie de “perícia”. Foram feitas medições que concluíram, segundo os policiais, que o animal captado pelo vídeo tinha mais de 38 centímetros, “enquanto o gato doméstico chega a 20 ou 23 [centímetros] no máximo”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>