Cães amedrontados em abrigo se transformam ao ganharem um novo lar


 

Cães apavorados em abrigo
Foto: Second Chance Rescue

Rita e Dexter eram dois cães extremamente famintos e magros que foram encontrados nas ruas e resgatados pelo controle de animais. Acredita-se que eles foram abandonados por seus tutores. Apesar dos seus passados dolorosos, ambos eram doces, permaneciam juntos e davam segurança um ao outro.

A doçura deles não passou despercebida. O Second Chance Rescue (SCR), localizado em Nova York, soube sobre o caso e correu para ajudá-los.

“Após ver suas fotos, corremos para tirá-los dali. Quando eles chegaram ao nosso parceiro veterinário, ficamos horrorizados com sua condição, chocados com o quão amáveis e amorosos os dois eram, apesar da óbvia negligência”, escreveu SCR no Facebook.

Conforme Rita e Dexter se recuperavam no veterinário, suas fotos circulavam rapidamente entre os amantes de animais determinados a encontrar novos lares para eles. Finalmente, as imagens chegaram às pessoas certas.

Kari Ceicys e seu marido, Ian, amam cães. Eles eram extremamente dedicados à cadela Sadie.

“Meu marido a resgatou depois que ela foi descartada com a ninhada em Nova Orleans. Ela teve feridas graves indicando que era usada como uma isca. Ela era a alma mais doce”, disse Ceicys ao The Dodo.

O casal planejava adotar outro cão para fazer companhia a Sadie quando o impensável aconteceu. “Estávamos brincando quando ela parou de repente e não conseguiu recuperar o fôlego”, contou Ceicys.

Cães com novos tutores
Foto: Kari Ceicys

O veterinário descobriu um grande tumor no peito de Sadie e antes que o casal pudesse programar a cirurgia para retirá-lo, um coágulo de sangue relacionado ao tumor provocou a morte da cadela. “Ficamos com uma casa construída para um cão, nenhum cão e imensos buracos em nossos corações”, completou.

Um mês depois, porém, o casal viu Dexter e Rita pela primeira vez – um vídeo dos dois apareceu no Facebook de Kari. “Sabíamos que esses cães eram nossos e precisávamos agir e levá-los. Não havia como deixar que eles fossem separados depois de tudo o que passaram”, acrescentou.

Kari e Ian imediatamente se inscreveram para adotá-los e foram aceitos como os novos tutores de Rita e Dexter. Kari e Ian estavam extremamente entusiasmados por levar os cães para casa. “Eles esperaram pacientemente para eles estarem prontos para deixar o veterinário”, escreveu o SCR.

Finalmente, esse dia chegou. “Todos derramamos lágrimas felizes vendo fotos de sua chegada. Isto é o como a felicidade parece”, adicionou o SCR.

Cão brincando com bola
Foto: Kari Ceicys

Kari e Ian acreditam que conseguiram honrar a memória de Sadie, proporcionando um lar para Dexter e Rita. Agora que os dois estão finalmente na casa que sempre mereceram, eles estão descobrindo como a vida pode realmente ser divertida.

“Eles gostam de se aninhar no sofá, passear pelo bairro e descobrimos que a Dex é um fã de bolas. Ele muitas vezes anda com uma na boca e quando viu pela primeira vez, toda a sua personalidade se transformou e todo o corpo balançou”, contou Ceicys.

Há milhões de doces cães e gatos  em abrigos em todo os Estados Unidos que precisam urgentemente de novos lares.  Graças ao ato de bondade desta família, dois deles têm reconstruído suas vidas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>