Abelhas são os primeiros insetos a entender o conceito de zero


Um estudo concluiu que as abelhas, com seus cérebros extremamente pequenos, são os primeiros invertebrados a entender a ideia do número zero. Um estudo anterior também identificou que esses animais conseguem contar até o número 4.

Apesar dos cérebros pequenos, abelhas são um dos poucos animais que entendem o conceito de zero
De acordo com a pesquisa, abelhas conseguem entender o conceito do número zero (Foto: Reprodução / Donald Jusa / Getty Images)

Além dos seres humanos, poucos animais conseguem entender o conceito de zero, como por exemplo, os chimpanzés.

Durante o estudo, os cientistas apresentaram duas plataformas para os animais, com uma e quatro formas cada.

Em uma das plataformas, as abelhas receberam uma solução que contém sacarose doce, e na outra uma solução de quinina, pouco agradável para as abelhas.

A partir disso, os cientistas ensinaram os animais a associar uma plataforma que tinha menos formas com a recompensa doce e agradável, até que elas fizeram a escolha certa em 80% das vezes. Após isso, houve estudos adicionais com objetos de formas diferentes para confirmar que os insetos estavam respondendo ao número de formas e não à sua aparência.

Em seguida, quando foi apresentada a escolha entre zero e algumas formas, as abelhas escolheram zero a maior parte do tempo, indicando que elas são capazes de identificar a o conceito do número zero.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>