Ratos cuidam de gatinhos recém-nascidos como se fossem seus próprios filhotes


Rato e gatinho
Foto: Brooklyn Cat Cafe

Eles vivem no Brooklyn Cat Cafe, uma organização sem fins lucrativos dirigida pela British Bridge Air Welfare Coalition (BBAWC). Ali, eles brincam com gatinhos com até oito semanas de vida e cuidam deles até os filhotes crescerem o suficiente para deixar o berçário e ir para casa com suas famílias adotivas.

Essa pode parecer uma das amizades mais inusitadas entre espécies, mas esses gatinhos estão longe de serem predadores quando se trata de seus melhores amigos ratos.

Os jovens ratos foram adotados em Abril do Helping All Little Things (HALT), uma organização de resgate dedicada ao resgate de pequenos animais.

Remy e Emile foram nomeados em homenagem aos dois irmãos do filme “Ratatouille”, da Pixar, e eles se parecem muito com os personagens. Remy é um rato marrom, mas Emile é tem magro com marcações cinzas e brancas.

Eles são gentis e carinhosos, observa Anne Levin, fundadora e gerente do Brooklyn Cat Cafe. Eles gostam de escalar, brincar, dar beijos e ser cuidados pela equipe. “Com Emile, você esfrega a barriga e ele faz esses sons fofos, como se estivesse rindo, e é incrivelmente doce”, diz Levin ao The Dodo.

Nós tendemos a pensar em ratos e gatos como inimigos mortais, mas quando alguém os observa interagindo com os gatinhos, é difícil negar o amor entre eles.

Rato e gatinho
Foto: Brooklyn Cat Cafe

Criados perto de gatos desde uma idade jovem, Emile e Remy não tem medo dos gatinhos, explica Levin. “Eles dormem com eles e todos se abraçam na rede quando os gatinhos têm idade suficiente”, conta.

“Esses gatinhos são preguiçosos, essencialmente, então [os ratos] vão limpá-los e é evidente que eles não querem a comida de gato, porque a vasilha fica a cinco centímetros de distância e eles poderiam apenas ir lá e comer o quanto quiserem. Existe um relacionamento sólido”, acrescenta.

Os ratos cuidam dos bebês como dois pais, embora seja bastante evidente que eles não são da mesma espécie. “Embora os gatinhos tenham tamanhos claramente diferentes, acho que [os ratos] reconhecem que eles não são adultos, então têm uma atitude paterna em relação a eles”, diz Levin.

E, como todos os pais e babás, sua paciência é testada constantemente, pois seus rabos são “o brinquedo de gato perfeito”. Remy e Emile são pacientes com os gatinhos, mas não têm medo de repreender se a brincadeira vai muito longe. “Eles às vezes os perseguem, mas os ratos podem realmente se defender e eles lhes dão uma pequena e inocente mordida se alguém ficar muito entusiasmado”, completa Levin.

Dos 15 gatinhos no berçário, uma gata preta e branca de cinco, Jo, gosta especialmente de seus amigos ratos. “Ela sempre foi mais aventureira e zelosa do que seus irmãos”, diz Levin.

Ratos e gatinhos constroem uma amizade improvável
Foto: Brooklyn Cat Cafe

“Seus irmãos simplesmente se debruçavam em uma pilha e comiam e dormiam e Jo achava que isso era realmente chato, então ela ia até a área superior, que geralmente é onde os ratos ficam. Ela dormia com eles. Ela possui um relacionamento mais próximo com eles – eles brincam com ela mais do que com os outros. Com os outros, é muito mais paternal”, adiciona.

Mesmo que a relação entre os ratos e os gatos seja amorosa, eles raramente são deixados sem vigilância enquanto brincam. “Como os gatinhos precisam ser alimentados 24 horas por dia, alguém está com eles durante quase todo o tempo, então há supervisão”, observa Levin.

Eles também não dormem juntos, especialmente quando há uma gata em fase de amamentação. Os gatos e os ratos vão para suas próprias áreas separadas quando o Cat Cafe fecha, acrescenta Levin.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>