CONTEÚDO ANDA

Internautas acusam shopping de Recife (PE) de maus-tratos a animais

A publicação, feita nas redes sociais, expunha a imagem de dois bezerros amarrados. A administração do shopping divulgou uma nota de esclarecimento sobre o caso.

536

17/07/2017 às 11:30
Por Sophia Portes, ANDA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nesta sexta-feira (14), uma publicação no Facebook acusou um shopping de Recife, em Pernambuco, de maus-tratos a animais, causando indignação e revolta de muitos internautas que criticaram o estabelecimento.

Plaza Shopping está sendo alvo de críticas por prender bezerros pela cabeça em baia (Foto: Reprodução / Plaza Casa Forte)

Os animais estavam sendo explorados em um evento chamado “Fazendinha do Plaza”, que acontece frequentemente no Plaza Shopping, no bairro Casa Forte, na Região Norte do município.

Os internautas que criticaram o estabelecimento contam que os bezerros foram amarrados pela cabeça, o que faz com que os animais tenham dificuldade de se locomover, além de impedir que eles andem pela baia. As imagens foram denunciadas na plataforma do Facebook e por isso, foram removidas.

Divulgação

Após a repercussão do caso nas redes sociais, o shopping emitiu uma nota de esclarecimento afirmando que na tarde deste sábado (15), os animais foram temporariamente amarrados para que seus tratadores realizassem a limpeza das baias sem quer houvesse riscos para os trabalhadores e os animais. O estabelecimento também informou que todos os animais são bem cuidados, tendo acompanhamento veterinário, e que o local onde os animais são expostos para os clientes segue todas as normas de transporte e alocação estabelecidas.

Plaza Shopping fica localizado em Recife, Pernambuco

Nota de esclarecimento emitida pela Plaza Shopping de Recife (Foto: Reprodução / Facebook)

Contudo, os internautas não aceitaram muito bem a resposta do Plaza e continuam criticando a página do Facebook do estabelecimento.

Mas esta não é a primeira vez que o evento da fazendinha é alvo de críticas na Internet e no mundo real. Em 2015, um grupo de ativistas de defesa animais, denominado “Liberte”, expôs cartazes contra a realização do evento, caracterizando-o como cruel, dentro do próprio shopping. Eles filmaram o protesto e divulgaram as imagens nas redes sociais. Veja a seguir:

Nota da Redação: Animais não devem jamais servir de “objetos” para o egoísmo humano que expõe e comercializa a vida de seres vivos. Contudo, a atitude do shopping de amarrar os animais deve ser penalizada pela Justiça, em caso de condenação pelo crime de maus-tratos, pois animais nasceram para ser livres. Encarcerá-los e amarrá-los é uma atitude cruel que deve ser punida para prevenir que mais animais sofram.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.