Súplica

Família resgata cadela e busca ajuda para bancar operação em DF

Após o resgate, foi constatado que a cadela precisa passar por duas cirurgias para poder se recuperar de um atropelamento.

183

16/07/2017 às 18:30
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um morador do Gama, em Brasília, Distrito Federal,  caminhava pelo calçadão da cidade quando se deparou com uma cadela ferida. O animal de olhos e pelos cor de mel estava em uma vala e não conseguia se levantar. Ao chegar em casa, ele contou a situação à filha, a estudante Maria Teresa Dias Lira, e os dois resolveram voltar ao local para levar água, comida e um cobertor para a cachorrinha. Ali perceberam que a dócil cadela só conseguia rastejar e não se sustentava pelas patas traseiras.

Cadela não conseguir se movimentar

Cadela ganhou o nome de Mel por conta de pelagem e olhos da mesma cor (Foto: Reprodução / Metrópoles)

Assim o animal ganhou uma nova casa e o nome de Mel, por conta de suas características físicas. De lá para cá, segundo a estudante de 23 anos, que virou a tutora da cadela, Mel já passou por cinco avaliações veterinárias que constataram: ela provavelmente foi atropelada e, para se recuperar, precisa amputar a cabeça do fêmur traseiro direito e colocar pinos na pata traseira esquerda. Se não passar por esses procedimentos, será preciso remover totalmente a pata direita. A família não tem condições para bancar as operações.

“Até o momento, com as consultas e todas as radiografias, já gastamos R$ 300. Não temos como pagar as cirurgias. O menor valor que conseguimos foi por volta de R$ 3 mil, e ainda seria um tratamento menos adequado”, afirmou Maria Teresa ao Metrópoles.

Cadela é muito dócil

Cadela precisa fazer cirurgia para se recuperar (Foto: Reprodução / Metrópoles)

Outro problema relatado pela estudante é que cada avaliação para novo orçamento só pode ser feita presencialmente. “Fica complicado ir até o Plano Piloto, de clínica em clínica, com ela, por causa da dor e do estresse que sente”, disse a moça. “Estamos procurando clínicas que aceitam as radiografias por e-mail para avaliar o caso”, acrescentou.

A família decidiu pedir ajuda aos brasilienses para realizar as cirurgias e encontrar um lar definitivo para Mel. Para contribuir, basta entrar em contato com Maria Teresa pelo telefone: (61) 99986-5551.

Fonte: Metrópoles

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.