Tartarugas-verde voltam ao mar após tratamento em Guarujá (SP)


Tartarugas são devolvidas ao mar, em Guarujá (Foto: Instituto Gremar/Divulgação)

Nove tartarugas-verdes foram devolvidas ao mar em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Elas foram encontradas em várias cidades da Baixada Santista e receberam tratamento do Instituto Gremar – Pesquisa, Educação e Gestão de Fauna até estarem aptas a voltarem para o habitat.

As tartarugas-verdes (Chelonia mydas) foram resgatadas entre os meses de fevereiro e junho deste ano em praias da Baixada Santista. Em sua maioria, as tartarugas-verdes encalharam em praias do Guarujá (Taguaíba, Enseada e Góes) e Bertioga (Enseada, Itaguaré e Guaratuba). Também houve registros em Praia Grande, Itanhaém (Praia do Sonho) e Santos (Ponta da Praia).

Os animais foram submetidos a tratamento no Centro de Recepção e Triagem de Animais Marinhos, no Guarujá, e na Base de Reabilitação, localizada em Itanhaém.

Elas apresentavam quadros como suspeita de afogamento, fraturas por interação com rede de pesca ou colisão com embarcações, lesões na pele e, em alguns casos, desidratação.

Tartaruga-verde volta para o mar em Guarujá (Foto: Instituto Gremar/Divulgação)

Todas as tartarugas fizeram exames clínicos detalhados antes do início do tratamento, com atenção também à recuperação da flutuabilidade e alimentação. A maior das tartarugas pesa, atualmente, 13,6 kg. Após exames clínicos realizados nos últimos dias, todos os animais apresentaram plenas condições de retornarem ao seu habitat de origem.

Por volta das 14h, os profissionais do Gremar e vários curiosos participaram da soltura das tartarugas, na praia da Enseada, no local conhecido como Canto do Tortuga. Uma a uma foi colocada na beira do mar pelos veterinários e biólogos e, aos poucos, os animais puderam voltar a viver na natureza.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>