Arara-canindé dá seu primeiro voo no céu após 8 meses de reabilitação


Depois de 8 meses aprendendo a “ser arara”, Lara, a arara-canindé, finalmente pode ser libertada. Ela havia sido resgatada ainda bebê em novembro de 2016, quando estava sendo vendida por traficantes de animais em Nova Iguaçu (RJ).

Arara Lara em liberdade
Lara aprende a viver em liberdade.

O diretor da ONG Instituto Vida Livre, Roched Seba, disse à BBC Brasil que a volta à liberdade é um processo traumático. “É como uma pessoa que está presa há muito tempo e precisa descobrir o que fazer sozinha”.

Existe um grupo de 14 araras-canindé e seis tucanos que foram salvos pelo Instituto Vida Livre e pelo Ibama. Lara era uma dessas araras que foram soltas ao ar livre próximo a cidade de Aragoiânia em Goiás.

Após o resgate:

Os pássaros resgatados foram examinados e recebeu cuidados especiais na unidade de triagem do Ibama em Seropédica, no Rio de Janeiro. “Ela chegou bem magrinha e desidratada, mas, como era filhote, a reabilitação foi até mais fácil”, disse a veterinária Taciana Sherlock, do Ibama.

Neste centro de tratamento, os pássaros passam por diversos exames e avaliações, desde coleta de sangue a testes de capacidade de voo e estrutura muscular. Eles também são incentivados a voar de um lado para o outro para que posteriormente consigam se movimentar sem impedimentos.

“Algumas nunca terão condições de voltar para a natureza porque são muito idosas, muito mansas ou têm mutilações nas asas”, relata Seba.

Taciana, que também é coordenadora do projeto, afirmou que o processo depende do tempo que o animal ficou em cativeiro. “Alguns não conseguem mais se reconhecer como araras, de tão domesticados que são. Precisamos isolá-los do contato com humanos.”

O grande dia:

Lara e outros pássaros viajaram de avião até uma fazenda em Goiás para serem soltas em uma área onde estão biologicamente bem adaptados a viver. Seba explicou que “Um problema muito grave que temos com araras e tucanos é que eles são deslocados de suas áreas de ocorrência natural. Não dá para saber exatamente de onde saiu cada um. ”

Nesta fase inicial de adaptação para os pássaros, o cativeiro na fazenda ficará aberto para que eles possam retornar até se acostumares com a sua total liberdade.

Confira aqui o vídeo de Lara.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>