Nova série de realidade virtual expõe a crueldade da indústria de laticínios


A Animal Equality, um grupo de ativistas com 60 pessoas em oito países, lidera o uso dessa ferramenta para expor a indústria da carne.

Série mostra crueldade da indústria de laticínios
Foto: Reprodução/The Wrap

Recentemente, o grupo divulgou o terceiro filme de realidade virtual, “iAnimal”, que destaca as perversas condições de fazendas de laticínios na Inglaterra, na Alemanha e no México.

Os espectadores conseguem acompanhar o ciclo de vida das vacas abusadas nesses locais, desde a produção de leite e o confinamento em espaços muito estreitos até suas mortes.

Em uma entrevista ao TheWrap, o fundador da Animal Equality, Jose Valle, explicou porque filmar em realidade vistual é uma experiência mais imersiva e emocional para o público.

“Se você não gosta do que está vendo na sua frente e quer olhar para baixo ou em outra direção, consegue ver o sangue. Então [a realidade virtual] o aprisiona nessa cena e torna isso muito mais real”, disse.

Nascido na Espanha e agora morando em Los Angeles (EUA), Valle documentou o abuso de animais durante três anos usando essa ferramenta. Segundo ele, a tecnologia ajuda as pessoas a compreender o sofrimento dos animais.

A filmagem mostra momentos chocantes. Em um deles, uma vaca tem seus chifres arrancados enquanto se contorce dentro de uma cela, Muitas dessas vacas passarão a vida inteira andando no concreto.

A série “iAnimal” – com a última edição narrada pela atriz de “Harry Potter” Evanna Lynch – foi vista por mais de 60 milhões de pessoas, informou o grupo.

A Animal Equality criou demonstrações de realidade virtual nas universidades e no festival de música de Glastonbury na Grã-Bretanha para alcançar ainda mais pessoas.

Além da divulgação no YouTube, a “iAnimal” pode ser vista no Samsung Gear VR. A organização também está desenvolvendo um aplicativo para que a série possa ser acompanhada por todos os principais fones de ouvido de realidade virtual.

Ao colocar os espectadores dentro da jaula com os animais, Valle espera q transmitir a miséria de muitas fazendas de laticínios. “Você se sente preso, assim como os animais são”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>