Animais torturados em laboratório sentem a luz do sol pela primeira vez


O Beagle Freedom Project (BFP), uma organização sem fins lucrativos de resgate e proteção animais, salvou os animais de um laboratório.

Cão salvo de laboratório
Foto: Beagle Freedom Project

Os cães foram para uma residência em Hutto (EUA) para conhecer suas novas famílias temporárias.

Segundo os ativistas, os cães seriam mortos quando os testes fossem finalizados, mas o grupo conseguiu negociar sua liberdade.

“Eles agora irão cheirar o sol e a terra, em vez de gaiolas imundas e produtos químicos perigosos e perigosos”, disse o BFP.

Serão chamados por nomes reais ao invés dos números de identificação federais tatuados dentro de suas orelhas”, completou.

A BFP disse que os animais eram abusados em um laboratório na região do Texas, mas não conseguiram divulgar o nome do local ou sua localização exata, de acordo com a WFAA.

Os animais foram acolhidos em lares adotivos e serão reabilitados nas próximas três ou quatro semanas. Após esse período, os cães serão colocados para adoção.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>