Secretaria monitora ninho de tartaruga marinha em praia de Jacumã (PB)


Uma tartaruga desovou na praia de Jacumã, em Conde, na Paraíba. Contudo, uma vistoria da Secretaria de Meio Ambiente (SEMAM), constatou a necessidade da realocação do ninho, pois a desova foi feita muito próxima ao mar, oferecendo riscos aos ovos.

A gestora ambiental Letícia Beltreschi informou que, ao constatar a necessidade de realocação do ninho, a SEMAM, juntamente com a Diretoria de Recursos Naturais e Biodiversidade, contatou a ONG “Guajiru-Tartarugas Urbanas” para solicitar o procedimento.

Secretaria do Meio Ambiente solicitou a realocação do ninho de tartarugas
Ninho de tartaruga precisou ser realocado para garantir a sobrevivência dos ovos (Foto: Reprodução / Paraíba)

“Foi necessária esta realocação, porque o local onde foi feita a desova fica numa área com uma faixa de areia pequena na praia de Jacumã, então com a cheia da maré, a água chega até o ninho, o que acabou causando a perda de aproximadamente 40 ovos, salvamos ainda 81 ovos, que foram realocados”, explica.

Após a mudança do ninho, feita nesta terça-feira (05), foi instalada uma rede de proteção no local. Além disso, haverá esforços para a conscientização da população sobre como proceder para proteger os ovos e o que fazer em caso de novos ninhos de tartaruga na praia.

A bióloga Laura Martini afirma que uma das principais formas de preservar esses animais é através da conscientização da população. “São cuidados simples que as pessoas devem ter com os ninhos. Não passar com carro nas áreas próximas, não retirar a identificação e o mais importante: ao encontrar ou perceber que algum ninho foi mexido ou até mesmo se virem filhotes andando nos arredores, procurar imediatamente a SEMAM, que nós entraremos em contato com as pessoas responsáveis”, afirma.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>