Ativistas pelos direitos animais são detidos em concurso de cachorro-quente


Cinco ativistas pelos direitos animais foram presos no evento Nathan’s Hot Dog Eating Contest na Coney Island em Nova York.

Mulher sendo presa por policiais no evento
Mulher é presa por oficiais do departamento de polícia de Nova York em festival de cachorro-quente.

As câmeras da ESPN capturaram os oficiais do Departamento de Polícia de Nova York contendo os protestantes em frente ao palco do evento do dia da independência americana.

Uma fonte de aplicação da lei relatou que os dois homens e três mulheres não afirmaram afiliação a nenhum grupo. Mas representante da Direct Action Everywhere alegou que os cinco eram da Berkeley, uma organização instalada na Califórnia.

“O evento Nathan’s continua promovendo violência contra os animais através de um festival onde as pessoas comem por rentabilidade e notoriedade”, disse Amanda Houdeschell, uma das mulheres em defesa aos direitos animais. “Eles sentem dor, amor e medo como os nossos cachorros e gatos em casa”.

As cinco pessoas foram acusadas por conduta desordenada.

“Eles estavam tentando pular no palco e retirar o cartaz do evento”, informou uma fonte da aplicação da lei. “Eles estavam tentando chamar a atenção da mídia. ”

Os participantes do evento de terça-feira competiam no palco diante de jurados, fãs e manifestantes, para ver quem devorava a maior quantidade de cachorros-quentes.

No evento do ano passado, três pessoas do Direct Action Everywhere foram presas por tentar pular no palco e interromper os candidatos.

A ONG Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA) também estava presente no festival e enviou uma pessoa vestida de Tio Sam para Coney Island, para distribuir cachorro-quente vegetariano do lado de fora do campeonato.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>