Gnus morrem todos os anos durante travessia por comida na África


A travessia feita pelos gnus vai da região da Tanzânia ao Quênia e é considerada a maior migração animal do mundo, mas também uma das mais perigosas para os animais.

Gnus atravessando o Rio Mara durante trajeto
Gnus e outros animais fazem a travessia do rio anualmente (Foto: Carl de Souza/AFP)

Nessa jornada, os gnus precisam atravessar diversas vezes o rio Mara, que cruza os dois países. É um rio com baixa profundidade e cerca de 40 metros de largura.

Contudo, infelizmente vários animais morrem, todos os anos, por afogamento ou por ataque de crocodilos, durante a travessia perigosa.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR

TAILÂNDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>