Gato filhote morre após ser jogado aos cães por vizinho em São Gonçalo (RJ)


Camila Dias, de 29 anos, é a tutora do gato filhote de apenas dois meses de idade, que pretende registrar a ocorrência ainda nesta semana. Moradora de São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, ela conta que já teve problemas com o vizinho anteriormente por conta de sua outra gata.

No último sábado (10), Camila conta que havia saído para trabalhar e só voltou no dia seguinte (11). Ao checar seu celular, ela percebeu que o vizinho havia mandado um vídeo. As imagens eram chocantes: seu gato filhote havia sido jogado aos cães em uma cena de tortura. Desesperada, ela correu até a casa do criminoso e descobriu através da tutora dos cães, que o gatinho Boby não havia sobrevivido.

Camila com o gato filhote no colo
Boby era um gato filhote de apenas dois meses de idade (Foto: Divulgação)

Camila diz ainda que já teve problemas com o vizinho por conta da sua gatinha chamada Amora, mãe de Boby, que fugiu uma vez de casa e ao pular no parapeito da residência, fez com que uma parte da estrutura caísse no quintal do criminoso, que ficou indignado.

Além disso, ela conta que outros gatos desapareceram na região e, agora, ela cogita a possibilidade do homem ter assassinado os animais.

E apesar da dor que a tutora sente, ainda tem que acalmar seu filho de apenas 11 anos, que não se conforma com a perda do filhote. “Eu não consigo dormir direito, meu filho não quer mais morar perto desse homem e temos medo de que ele faça alguma maldade com a Amora”, confessou.

Veja a seguir o vídeo desumano que foi enviado à tutora pelo criminoso:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO

PRESERVAÇÃO

DESESPERO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>