O abraço


Durante a tarde o céu escureceu e ao longe se ouvia alto o som do trovão

Assustador anunciava a tempestade

Ele começou a tremer e uivar com medo, muito medo

Imediatamente o Negão, seu irmão, o abraçou e começou a lamber sua orelha tentando acalmá-lo

Os trovões aumentaram o barulho a intensidade e a tempestade forte chegou

Mas o medo, ah o medo já não mais existia.

Reprodução | Facebook

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>