Agentes resgatam animais em enchente em Lages (SC)


Os agentes da Polícia Militar Ambiental (PMA) de Lages, em Santa Catarina foram acionados nesta segunda-feira (05) para resgatar duas famílias no bairro de Várzea. Eram, ao todo, nove pessoas, sendo cinco crianças que estavam presas pela enchente que havia tomada suas casas.

Mas um garotinho chamou a atenção dos agentes: Gabriel Borba não soltava seu gatinho Mimo, abraçando-o todo o tempo para que nada acontecesse com o animal.

Gabriel abraça o gato filhote com um pano enrolado no animal para protegê-lo
Gabriel fez de tudo para que o gatinho Mimo fosse salvo com sua família (Foto: Marcos William Brasil / PMA Lages)

Sensibilizados com a atitude do mini-tutor, os agentes decidiram ajudar a resgatar o gatinho. O animal foi conduzido com todas as pessoas salvas até um abrigo organizado pela prefeitura.

No mesmo bairro, os agentes também ajudaram um casal de idosos a sair de sua casa acompanhados de seus dois cães e três gatos.

“Mesmo com a casa quase totalmente inundada, as pessoas se apegam aos animais, não os deixam sozinhos na enchente, e só saem se os levarem junto. Isso também faz parte do nosso trabalho, e sempre que possível, procuramos socorrer os animais, até mesmo soltando alguns que ficam presos na água”, conta o sargento Edson Oliveira Dias, policial ambiental há 12 anos.

 

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECIFE (PE)

RIO DE JANEIRO

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>