Turistas assediam flamingos para tirar selfies no Caribe


Desta vez, os residentes de um resort no Caribe, tem assediado flamingos para capturar imagens com os animais.
Os hóspedes do Aruba’s Renaissance Island podem ser vistos com flamingos de coloração rosada, que apareceram no Instagram, depois de serem registrados ao lado dos turistas.

Foto de homem próximo a flamingo
Foto: finally_arrived, Instagram

Uma blogueira de viagens, anna.everywhere, que permaneceu entre dois animais, legendou sua imagem: “O selfie do flamingo deve acontecer na praia dos flamingos. Devo dizer que o flamingo não estava tão animado quanto eu, mas mesmo assim sorri em uma foto”.

A declaração mostra a completa irresponsabilidade das pessoas que perturbam os animais e ainda alegam que isso os deixa felizes.

Outra pessoa chamada Soshiaa parecia desconcertada com o fato de os flamingos não quererem os alimentos que ela imprudentemente lhes oferecera.

Turista tirando selfie com flamingo
Foto: Reprodução, Daily Mail

Infelizmente, alimentar os flamingos é encorajado pelos proprietários do hotel, informou o Daily Mail.

No entanto, um grupo de ativistas pelos direitos animais pediu aos turistas para não interagirem com os animais.

Philip Mansbridge, diretor britânico do International Fund for Animal Welfare (Ifaw), explicou: “Selfies com a vida selvagem são somente egoístas – especialmente se os animais em questão podem não estar realmente vivos e não conseguem escapar”.

“Se não estamos em condições de dizer se estas aves em particular são cativas ou incapazes de voar, é melhor manter uma distância segura de qualquer animal selvagem. É bom tirar uma foto com seus amigos, na qual a vida selvagem é parte de um cenário mais distante, mas não uma experiência de close-up que pode provocar estresse ou sofrimento para o a ave ou outro animal”, acrescentou.

Porcos nadadores nas Bahamas
Foto: WENN

Esta não é a primeira vez em que os animais foram assediados por turistas no Caribe.

Nos últimos anos, o fenômeno dos porcos nadadores também resultou em situações similares nas Bahamas, onde os animais podem ser vistos nas águas cristalinas.

Também localizado no mar Azure, eles habitam Big Major Cay. Acredita-se que os porcos tenham sido introduzidos na ilha por marinheiros que queriam usá-los como alimento.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>