Labrador adota gato filhote e o leva para a casa dos tutores


O que parece ser uma história de desenho animado aconteceu em Aquidauana, em Mato Grosso do Sul. Um cão da raça labrador, o Salomão, adotou um gatinho que se tornou seu fiel companheiro. Quem conta a história é sua ‘humana’, a esteticista Suellen Velasques. Ela relatou ao JNE que Salomão na verdade é o cão de seu filho, o pequeno João Otávio, de seis anos.
Cão de pelagem marrom deitado ao lado de gato de pelagem tigrada
Labrador encontrou o filhote e o levou para casa (Foto: Reprodução / JNE Diário)
“São parceiros na arte”, contou Suellen aos risos, sobre a relação do filho com o cão.
João ganhou o cão quando tinha dois aninhos e de lá pra cá se tornaram inseparáveis, com muitas histórias pra contar. Inclusive o labrador é muito famoso na região onde mora pelas fugas de casa, para curtir um passeio na vizinhança, deixando a família de cabelos em pé.
Mas a saga pela adoção do gatinho começou há mais ou menos um mês atrás. Suellen conta que ele chorava e arranhava a janela do quarto dela e depois corria latindo para o fundo do quintal. “Como o gramado estava alto por conta das chuvas de abril, ficamos com medo que pudesse ser cobra ou algo parecido”, relatou.
Ainda segundo a jovem, ela o chamava para dentro de casa, para ele não ir para o fundo, mas Salomão não desistia, ficava correndo, latindo de um lado para outro, fazendo a tutora parar de insistir que ele entrasse na residência. Suellen disse que ele ficou lá no fundo, cuidando de algo.
“Saímos para ir ao mercado e quando voltamos, nos deparamos com uma cena curiosa –  Salomão com maior cuidado trazendo um gato filhote para a calçada. Acredito que alguém tenha jogado ele por cima do muro, que é alto”, contou orgulhosa com a atitude do cão.
Agora, além de um gato adulto, a família ganhou mais um filhote adotado pelo Salomão, o “bebê gatinho”, assim batizado pelo João. E o pai adotivo não desgruda do seu filhote pra nada, a não ser para dar uma ‘fugidinha’ no bairro. Agora além de deixar a família preocupada, o filhote gato dele também sentiu com o último passeio do pai canino. Sorte que localizaram o cão logo e tudo voltou a mais perfeita harmonia na família.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA

POLUIÇÃO

AUSTRÁLIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>