Urso é covardemente arrastado por adestrador em circo


Em uma cena perturbadora, um urso negro foi violentamente chutado depois cometer erros enquanto se apresentava num circo de animais no Sudeste da China.

Adestrador chutando urso em circo
Foto: NetEase

O adestrador agredia continuamente o animal, o que causou a revolta do público que gritou para que ele parasse, de acordo com um vídeo feito por um espectador.

A filmagem foi divulgada online e provocou uma discussão nas mídias sociais sobre a ausência de proteção animal em zoológicos chineses locais. Claro que isso é um grande paradoxo, já que a crueldade é intrínseca ao confinamento de animais nessas instalações. Porém, os maus-tratos foram tão evidentes que despertaram debates.

O vídeo de 38 segundos foi enviado por um usuário da web conhecido como ‘Norton’ no Weibo, rede social chinesa semelhante ao Twitter.

Ele foi feito quando ‘Norton’ visitou o Fuzhou Zoo, na província de Fujian. O usuário disse que havia entre 100 e 200 pessoas assistindo ao show de do urso negro.

É possível ver o urso negro chutando alguns obstáculos ao invés de saltá-los conforme o adestrador o arrasta com uma corrente.

Adestrador fere cabeça de urso enquanto o arrasta
Foto: NetEase

Pouco tempo depois, o homem chutou o estômago do urso e forçou-o a continuar. Ele bateu na cabeça do animal e chutou sua perna, arrastando-o novamente para os anéis de ginástica, segundo o Daily Mail.

“Ele chutou o urso pelo menos três, quatro vezes. O impacto na cabeça é de partir o coração”, disse Norton.
Os ursos negros são listados como uma espécie ameaçada e protegida na China.

A porta-voz do zoo disse que o show foi realizado por Anhui Suzhou Circus, do Leste do país. O urso negro é forçado a participar de um show por dia há cerca de três a quatro anos no Fuzhou Zoo.

Adestrador usa corrente para arrastar urso
Foto: NetEase

Segundo a porta-voz, o treinador foi suspenso e ela ainda alegou que ele chutou o urso “levemente”.

Usuários da internet ficaram indignados com o extremo abuso do instrutor e exigiram que o circo acabe com o show.
“Pare de colocar animais em exibição e as pessoas não devem comprar ingressos para assistir a shows tão abusivos!”, comentou ‘FuJieXin’.

Outras pessoas corroboraram o fato de que o público não deve financiar apresentações de circo.

“É um princípio de demanda e oferta. Os ingressos comprados mostram uma demanda por espetáculos e circo cruéis continuam maltratando os animais”, enfatizou “Singleboymin’.

O Fuzhou Zoo declarou que está investigando o incidente e encerrou todos os shows com animais temporariamente. A vida dos animais explorados em circos é repleta de dor e sofrimento e é um absurdo que esses estabelecimentos ainda insistam em perpetuar esse cenário chocante.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>