Cão doente é abandonado enrolado em tapete por tutor


Cão doente é abandonado por tutor na beira da estrada enrolado em tapete
Tutor foi condenado a 18 meses de prisão

Um cão chamado Max, foi abandonado enrolado em um tapete à beira de uma estrada pelo seu ex tutor, Paul James. O homem de Abertillery, País de Gales, foi proibido pelo tribunal de adotar animais.

Segundo o tribunal, o homem causou “sofrimento desnecessário” ao animal. Além disso, o condenou também por três ofensas ao bem-estar animal.

Tudo começou quando não foi dado o devido tratamento a uma orelha infectada do cão. Não sendo tratada, a infecção espalhou-se para o resto do corpo. Max teve, posteriormente, de ser sacrificado. James foi condenado a 18 meses de prisão, suspensa durante um ano, e ficou proibido de voltar a ter animais para o resto da sua vida.

A integrante Annie Simmonds da associação Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA), responsável por resgatar e proteger animais, lamenta a atitude do homem de negligenciar ajuda ao cão. “É de partir o coração que no momento em que este cão mais precisava de companhia e de compaixão, o tutor tenha escolhido atirá-lo à solidão e à morte solitária”, disse.

A RSPCA foi fundada em uma cafeteria de Londres em 1824. Naquela época, eram apenas a SPCA – Sociedade para a Prevenção da Crueldade aos Animais. O patrocínio real surgiu em 1837 e a rainha Victoria deu a permissão adicionar o R real em 1840, fazendo com que se tornassem o RSPCA como são conhecidos mundialmente hoje.

Quando fundados, o foco eram os animais que eram explorados, como os “pôneis das covas” que trabalhavam nas minas de carvão. Durante a Primeira e Segunda Guerra Mundial, a instituição se empenhou em ajudar os milhões de animais alistados a servir ao lado das forças britânicas, da Commonwealth e Aliadas, além de realizarem trabalhos com animais domésticos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>