Golfinho e tartaruga são encontrados mortos em praia de Búzios (RJ)


Janaína Fernandes | Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Animal foi achado na Praia da Marina, em Búzios | Foto: Bebeto Karolla/Folha de Búzios

Um golfinho de cerca de 150kg e 3 metros, foi encontrado morto na Praia da Marina, em armação dos Búzios, Rio de Janeiro. Dias antes, uma tartaruga gigante também foi encontrada morta na praia em estado de decomposição.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que enterrou o golfinho na areia, ainda desconhece as causas da mortes dos dois animais.

Tartarugas mortas em praias do interior de Búzios

Animal estava em estágio avançado de decomposição | Foto: Paula Zambotti/Folha de Búzios

A tartaruga de couro estava encalhada e em estado de decomposição na Praia da Marina. O animal pesava 200kg e tinha cerca de 2 metros. Além dela, duas tartarugas de couro foram encontradas em Unamar, Cabo Frio, em estágio avançado de decomposição. Moradores da região disseram, na ocasião, que mais de 10 tartarugas foram encontradas na costa do interior do RJ em uma semana. Outro animal da mesma espécie foi encontrado na Praia de João Fernandes.

Na praia do Vargas, em Araruama, uma tartaruga da mesma espécie apareceu morta. A suspeita dos moradores é de que o animal morreu por conta de pesca com traineiras. A situação fez com que quatro moradores de Saquarema criassem o projeto “Quintal de Casa”, que busca gerar, pela internet, maior conscientização ambiental.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>