CONTEÚDO ANDA

Gatinha paralisada e abandonada em abrigo tem recuperação milagrosa graças ao amor

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: TheCrazyCatLadee93

Uma mulher deu uma segunda chance a uma gatinha paralisada da qual outras pessoas haviam desistido e nunca deixou de acreditar que algum dia ela poderia andar novamente.

A pequena Amora, de apenas quatro meses, foi levada para um abrigo e era incapaz de andar, pois todo o seu quadril estava paralisado. Apesar de seu passado traumático, Amora não deixou que isso a impedisse de ser feliz.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Ninguém acreditava que ela pudesse se recuperar e a gatinha ia ter a morte induzida até que a mulher amável soube sobre sua situação e a resgatou do abrigo.

Foto: TheCrazyCatLadee93

“Só é necessário que uma pessoa acredite que um animal pode ser salvo e eu acreditei que ela poderia e a levei para casa. Provavelmente se passou um mês até ela ter força suficiente para andar novamente”, disse a usuária do reddit TheCrazyCatLadee93.

Depois de uma visita ao veterinário, foi descoberto que a gatinha tinha uma lesão na medula espinhal, mas o profissional estava confiante de que a terapia poderia ajudar em sua recuperação, segundo o Love Meow.

“Trabalhei como fisioterapeuta de Amora, ajudando-a a levantar-se e ensinando-a a caminhar novamente, movimentando as pernas traseiras enquanto caminhávamos pela sala. Também exercitava suas pernas traseiras sempre que ela estava deitada para ajudar a restabelecer o movimento e a percepção”, disse ele.

Foto: TheCrazyCatLadee93

Uma semana depois de voltar para casa, Amora conseguiu sentar-se. Durante as primeiras semanas, Amora só conseguia se movimentar arrastando-se pela sala.

“Achava que segurá-la para que ela pudesse ficar de pé ajudou muito e, conforme ela recuperava sua força, eu a deixava se apoiar cada vez mais. Massagens para estimular os nervos pareciam ajudar muito também, além de muita paciência. Pode ser muito difícil às vezes lidar com essas situações, mas, com o tempo, o esforço é recompensado”, relata a tutora.

Conforme continuou a terapia física, Amora tornou-se forte o suficiente para levantar-se sozinha e até mesmo começou a andar com as quatro patas.

Foto: TheCrazyCatLadee93

“Ela podia sentar-se e usar as pernas traseiras. Foi um dos dias mais felizes da minha vida quando ela começou a andar por conta própria”, disse a tutora.

Logo a doce gatinha descobriu como subir na cama da sua cuidadora humana. “Ela se tornou minha pequena sombra, seguindo-me em todos os lugares e compartilhando o grande amor que tinha para dar”, adicionou.

Alguns meses depois, Amora se locomovia como qualquer outro gato. Sua força e habilidades motoras melhoraram continuamente.

Foto: TheCrazyCatLadee93

Já faz quase três anos desde que Amora foi resgatada. “Você pode ver que ela ainda anda diferente, mas caminha ao redor como todos os outros gatos, consegue escalar torres de gato, saltar em balcões ficar sob os pés. Amora é muito inspiradora, ela passou por muita coisa e alguém foi muito cruel com ela, mas ela nunca perdeu seu espírito feliz e amável. Ela é a gata mais feliz que já conheci e ama a todos”, diz a tutora.

Com terapia física, paciência e muito amor, Amora ganhou uma segunda chance. “Ela me inspirou com sua força e determinação e sei que eu sou extremamente afortunada por tê-la em minha vida. Se eu puder salvar e mudar suas vidas como fizeram por mim, então sei que minha vida valeu a pena”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui