Moradores da UPP Fazendinha acusam PMs por morte de cachorro


Divulgação

Moradores do Morro da Fazendinha, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, acusam policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local de atirar e matar um cachorro na localidade conhecida como Claro.

Dois moradores que não quiseram se identificar relataram que disparos à esmo foram feitos pelos PMs e um deles acertou o cão, que morreu no local. Procurado pelo DIA, o Comando de Polícia Pacificadora (CPP) informou que os PMs da UPP foram atacados por criminosos na base avançada e, na troca de tiros, o cachorro foi atingido.

Segundo os militares, a viatura do comandante também foi alvejada, mas nenhum policial se feriu. Os bandidos fugiram. O CPP não informou se os suspeitos foram presos. O caso foi registrado na 45ª DP (Alemão).

Fonte: O Dia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>