Espécie de golfinho conhecida mundialmente é encontrada morta em Alagoas


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Espécie é conhecida no mundo inteiro | Foto: Associação Peixe Boi

Na praia de Japaratinga, Alagoas, o cadáver de um golfinho nariz de garrafa que estava presa a uma rede de pesca, foi encontrada por integrantes do Instituto Biota de Conservação. A espécie mais conhecida no mundo inteiro, pode medir de 1,9 a 4 metros e pesar em média 500 quilos.

A suspeita é de que o animal que foi vítima de pescadores, morreu afogado após ficar preso na rede, de acordo com o coordenador do Biota, Bruno Stéfanis: “Provavelmente, foi a rede que matou o animal. É muito difícil ficar preso à rede e isso não desencadear a morte. Tecnicamente falando, ele pode ter morrido afogado”, explicou.

Ainda segundo o Instituto Biota, a Prefeitura de Japaratinga já foi acionada para fazer a remoção do corpo e adotar as medidas necessárias para o fato em questão.

A pesca de animais com o objetivo de consumo da carne ou venda, são os principais fatores que tem agravado o número de animais marinhos em extinção. Medidas de conscientização e proteção a esses animais, devem ser feitas para evitar que essa situação se perpetue.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>