Bombeiros usam helicóptero para resgatar cão em Santa Rita do Sapucaí (MG)


Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Cachorro foi resgatado por helicóptero (Fonte: O Tempo)

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais não mediu esforços para salvar a vida de um cão nesta semana, chegando a gastar R$ 7.000 em três horas e meia de voo do helicóptero da corporação. O cão chamado Gaúcho vivia com uma família de lavradores de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas. Ele havia passado a noite de domingo (02) vigiando a propriedade de seus tutores, mas não voltou para casa. Os guardiões o procuraram, mas como não conseguiam encontrá-lo, revolveram pedir ajuda.

Nesta segunda-feira (03), os bombeiros e funcionários de uma ONG da cidade começaram as buscas. De acordo com a corporação, os protetores abriram caminho na mata fechada para que os militares conseguissem chegar mais perto do animal. Mas o local era de difícil acesso, por isso, o helicóptero da corporação em Varginha foi acionado para ajudar no resgate do animal.

A aeronave levantou voo com cinco servidores da corporação, incluindo dois funcionários do Serviço de Atendimento Móvel (Samu). Como o valor médio desembolsado pelos cofres públicos para que o helicóptero voe por uma hora é de R$ 2.000, a ocorrência levou três horas e meia, acarretando em uma gasto de R$ 7.000.

Reencontro da tutora com seu cão (Fonte: O Tempo)

“O fato de ter um animal doméstico em perigo coloca também outras pessoas em risco, já que acabam realizando a busca por conta própria, sem equipamentos e técnicas de segurança. Dessa forma, o CBMMG contribui para também evitar acidentes”, informou por nota a corporação.

Para a advogada Val Consolação, especialista em causas animais, afirma que os militares agiram de forma legítima. “Eles fizeram um ato perfeito tanto no aspecto humano como no jurídico. A corporação não trabalha para salvar somente a vida de pessoas. A função deles também é a de ajudar os animais”, explica.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>