Empresas do Reino Unido oferecem licença remunerada aos funcionários que têm um novo cão


Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Fonte: Getty Images

Muitos tutores de cães consideram esses companheiros de quatro patas como verdadeiros filhos. Foi pensando nisso, que empresas do Reino Unido deram aos “pais” de cachorros o direito a uma licença remunerada para estar presente durante o período de adaptação do animal em seu novo lar e, para também, aproximá-lo do seu novo tutor.

De acordo com informações adquiridas pela empresa de seguros para animais Petplan, citadas pelo site Business Insider, 5% dos tutores de cachorros no Reino Unido receberam de seus chefes a oferta de um período de licença remunerada para ajudar na fase de adaptação à nova casa.

Uma das empresas que oferece este benefício é a Mars Petcare, dedicada a alimentos para animais. De acordo com o levantamento feito, as fabricantes de ração Pedigree e Royal Canin oferecem 10 horas de licença e permissão para que o guardião leve seu animal ao escritório após esse período.

Já a empresa BitSol Solutions, do ramo de tecnologia, dá a seu funcionário o período de uma semana de licença remunerada, assim como a cervejaria BrewDog, afirma o Business Insider.

Mas, infelizmente, os animais vivem pouco tempo e quando eles morrem é um período muito difícil para seus tutores, que o amavam. De acordo com a Business Insider, cresce a cada dia o número de empresas que permitem que o funcionário se afaste de seus afazeres quando perde seu amigo de quatro patas.

Por exemplo, a Mars dá um dia de licença, além da opção de horários flexíveis. A empresa VMware, de softwares, e a Maxwell Health, de saúde, oferecem dias flexíveis.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>