CONTEÚDO ANDA

Casal viaja mais de 80 quilômetros a pé para não deixar seus cães

Carlos Barbato e Renata levaram seis dias para fazer um trajeto a pé de Rio Preto a Votuporanga, em São Paulo, totalizando mais de 80 quilômetros; um percurso que de...

153

20/03/2017 às 18:00
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Carlos e Renata levaram seis dias percorrendo cidades, distritos e postos de combustíveis para não abandonarem Paçoca e Milady (Fonte: Divulgação)

Carlos Barbato e Renata levaram seis dias para fazer um trajeto a pé de Rio Preto a Votuporanga, em São Paulo, totalizando mais de 80 quilômetros; um percurso que de carro demoraria menos de uma hora. Essa decisão foi motivada por uma atitude linda de carinho com seus dois cães, sem raça definida, Paçoca e Milady.

A viagem ocorreu entre a quarta-feira (08) e a terça-feira (14). Eles tinham passagens de ônibus, mas desistiram do conforto pela companhia de seus cachorros, que não tiveram o embarque permitido pela empresa de transporte.

Eles, então, não pensaram duas vezes. Colocaram os dois animais em um carrinho de supermercado e saíram pela manhã, rumo à cidade natal de Renata. “Ela ficou desempregada em Rio Preto e quis voltar pra cá com o marido”, conta a prima de Renata, Alexandra. “Eles levaram uma garrafa de água e ração para os cachorros. Conforme iam parando, pediam comida e água para eles e para os animais”, completou ela.

Depois de seis dias de uma cansativa viagem, o casal chegou finalmente a Votuporanga e, sem ter para onde ir, procuraram um abrigo que aceitasse os dois cãezinhos. “Eles preferiram ficar em um barracão abandonado aqui no bairro da Boa Vista para não precisar largar os cachorros”, contou Alexandra, que recebe o casal diariamente para dar almoço e oferecer banho.

Nesta semana, Carlos e Renata receberam a visita da representante de uma associação de proteção de animais que ofereceu amparo aos cães e aconselhou que ambos procurassem a Secretaria de Desenvolvimento Social da cidade para conseguir um emprego.

“Esses cachorros são a alegria deles. Eles comem melhor que os dois. É muito amor e carinho. Prova disso foi o que eles fizeram andando tudo isso para não abandoná-los”, disse Alexandra, que torce para que o casal melhore suas condições de vida sem abrir mão de Paçoca e Milady.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.