Mulher assassina filhotes de cão colocando-os em um congelador


Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Notícias ao Minuto

Uma mulher de 63 anos matou oito filhotes de cão, da raça border collie, após o veterinário se recusar a sacrificá-los. De acordo com o jornal Metro, ela temia que os animais tivessem mutações genéticas pelo fato dos pais serem irmãos.

A criminosa foi identificada como Margaret Peacock. Foi dito no tribunal, em Hampshire, que antes de cometer o crime, ela fez dois telefonemas para veterinários ameaçando que mataria os animais se não a ajudassem. Em uma terceira ligação, Peacock disse a recepcionista que os cães já estavam no congelador.

Dois dias depois, Peacock entregou um saco com os animais dentro. Dos oito, um ainda estava vivo, mas teve que ser sacrificado. A acusação disse no tribunal que nenhum dos animais tinha qualquer sinal de anomalias genéticas, e foi por isso que os veterinários se recusaram a sacrificá-los.

Fiona Taylor, advogada de defesa, declarou que sua cliente reconhece seu erro e pede desculpas pelo ocorrido. Margaret Peacock foi sentenciada a 3 meses de prisão.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>