CONTEÚDO ANDA

Glória: uma sobrevivente da cruel indústria da carne

Apesar de ser tão jovem Glória já conheceu o lado perverso da humanidade . Nunca soube o que é ter uma mãe ou receber os cuidados e afeto, porque foi...

147

17/02/2017 às 10:00
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Igualdadanimal

Apesar de ser tão jovem Glória já conheceu o lado perverso da humanidade . Nunca soube o que é ter uma mãe ou receber os cuidados e afeto, porque foi separada dela antes de nascer.

Dentro da granja onde nasceu foi forçada a aumentar seu peso a um ritmo sobrenatural, tão acelerado que não conseguia ficar em pé.

Em sua curta vida, Glória conheceu o sofrimento pelo simples fato de ser uma galinha que nasceu em uma fazenda industrial. Ela foi tratada como uma mercadoria porque estava destinada a terminar em uma das muitas bandejas de carne que você encontra no supermercado.

A granja Knapp Farm, localizada em Devon, Inglaterra, onde vivia Gloria, cria frangos em uma escala industrial com mais de um milhão de aves por ano.

Quando os investigadores da Igualdade Animal entraram na fazenda ficaram surpresos. Apesar de verem frequentemente cenas de extrema crueldade, não podiam acreditar naquilo.

Em sua primeira visita, quando as aves tinham apenas uma semana de vida, já haviam encontrado centenas de pintinhos mortos em navios e contêineres. Mas foi na terceira visita, quando abriram a tampa de uma enorme lixeira que encontraram a Gloria, uma jovem galinha que tremia de frio sob uma pilha de cadáveres.

Igualdadanimal

A partir desse momento Gloria foi resgatada pelos investigadores e agora vive feliz com uma família que lhe dá todo cuidado e amor que necessita.

Mas depois de 10 dias, os investigadores voltaram na fazenda para comprovar se as condições que as aves eram submetidas continuava piorando. E assim foi: encontraram frangos de barriga para cima, incapazes de se manter em pé e outras com úlceras enormes.

Igualdadanimal

Também encontraram aves com uma deformidade conhecida como “perna aberta”, que faz com que suas patas apontem para os lados. Isso lhes provoca muita dor e as impedem de caminhar.

Esta deformidade, que é muito comum em frangos da raça broiler, é causada pelo crescimento acelerado, provocado artificialmente pelos cruzamentos selecionados para este propósito. Se um bebê humano crescesse no mesmo ritmo que estes frangos, em dois meses pesaria 300 kg.

Na Knapp Farm os investigadores também viram aves em decomposição no chão, que, ao não conseguirem andar, agonizaram por dias, sem poder alcançar a água e os alimentos.

Igualdadanimal

Além de ser cruel com os animais, a indústria pecuária também é altamente destrutiva. Ela é responsável pela emissão de 15% de todos os gases de efeito estufa e um consumo alarmante de recursos naturais e desmatamento das florestas. Ela polui mais do que toda a indústria de transporte, ou seja, todos os carros, aviões e navios do mundo todo.

Na medida em que reduzimos nosso consumo de carne, nós protegemos o planeta e evitamos que mais animais sofram e morram.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.