CONTEÚDO ANDA

Chihuahua que tinha apenas mais um dia de vida é curada após adoção

Por Janaína Fernandes | Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Divulgação

Apenas mais um dia de vida. Esse era o diagnóstico que foi dado para uma cachorrinha chihuahua, abandonada num abrigo para animais na Carolina do Norte, Estados Unidos. O animal estava em condições críticas de saúde e, segundo os veterinários, tinha apenas mais 24 horas de vida. Mas a historia da chihuahua mudo completamente depois que Heather Hayes, voluntária do abrigo para animais, a adotou.

Heather, responsável pela publicidade do local, assistia todos os dias o estado crítico da cadela e sem e ninguém resolvesse adota-la levou-a para casa. O marido da publicitária sugeriu que o casal adotasse a chihuahua, alegando que ela seria amada por, pelo menos, um dia inteiro antes de morrer. Heather Hayes afirmou que o quadro da chihuahua mudou totalmente depois que a família a adotou.

Conhecida no abrigo como “a garoa de Jersey”, a cadela ganhou o nome de Jay-Z e já convive com a família há quatro anos. Em uma publicação no Facebook, Heather revelou que Jay-Z a ensinou a amar os animais idosos: “Jay-Z me ensinou a amar os animais idosos, que precisam de atenção e consolo em seus últimos anos de vida, assim como as pessoas”. Para o casal, a historia de superação da cadela serve para incentivar outras pessoas a cães mais velhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui