SOMOS UM - SILVIA LEONEL

Certos gritos não podem ser ouvidos

Um mar de sofrimento. Escravidão, contaminação e o esgotamento dos nossos oceanos. As questões “ocultas” da Industria Pesqueira.

217

11/02/2017 às 15:30
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“What about fish” | Fonte: Action for Animal

Um mar de sofrimento. Escravidão, contaminação e o esgotamento dos nossos oceanos. As questões “ocultas” da Industria Pesqueira.

A industria pesqueira e uma das principais causadoras, se não a principal, da devastação e exterminação de nossos oceanos e toda vida marinha neles encontrada. Devido à praticas devastadoras desta indústria nossos Oceanos e toda a vida ali existente e fora dele (como nós humanos) estão correndo um grande risco de desaparecimento. Os peixes são seres sencientes, sentem como a gente, são seres complexos e altamente cognitivos. Peixes são os vertebrados mais abusados e explorados do Planeta, nós o matamos aos TRILHÕES a cada ano mas você pode fazer algo por eles, não patrocine esta indústria e deixe peixes fora do seu menu.

Todavia você está tentando se alimentar mais saudável e eliminar ou diminuir o consumo de carne vermelha no seu cardápio então decide consumir mais peixe, pois é mais saudável certo? Errado. Peixes contem gordura saturada, assim sendo colesterol, sem contar que cem porcento (100% yes) dos peixes estão contaminados com mercúrios, poluição, metais pesados e/ou bifenilas prolicloradas ou PCBs, um agente químico altamente toxico e causador de câncer. O colorante artificial cantaraxantina usado para dar aquela corzinha rosa no seu salmão está ligado a defeitos visuais e dano a retina humana. Ainda sim você me pergunta, e o OMEGA3? Bem, você pode encontra-lo nas sementes de CHIA, FLAX e CÂNHAMO que além de Omega3 também são ricas em fibras, antixoxidantes e outros fitonutrientes beneficiais a saúde e que só podem ser produzidos por plantas e de fácil absorção pelo corpo. Livres de gordura saturada, colesterol, química toxica, sem danos, sem perdas e destruição de nossos oceanos.

Você já se perguntou da onde vem seu peixe? Trinta e cinco porcento da produção mundial de pescados é proveniente de países asiáticos, onde existe trabalho escravo e pesca predatória. Oitenta porcento da produção mundial ocorre em países em desenvolvimento. Dezessete dos principais fornecedores de pescado no mundos estão sobreexplorados ou no limite do colapso. Dois exemplos deles são “The Grand Banks em Newfoundland e The George Banks em New England. Uma vez considerados os maiores produtores do planeta agora extintos. A FAO das Nações Unidas estima que 70% da população de espécies de peixe do mundo estão totalmente explorados ou esgotados. “The World Conservation Unions” lista tipos de peixes no mundo todo como ameaçados ou em ameaças de extinção. Cientistas preveem que até 2048 iremos ver Oceanos sem peixes.

Práticas como redes de arrasto e dragas (trawls and dredges) não são sustentáveis e estão destruindo tudo que por elas capturadas. Dragas de vieiras (scallops) podem matar 70% de toda a “pele” vivente dos oceanos (maeri), flora e megafauna com apenas uma simples passada! Redes de arrasto de camarão traz dano e perda da esponja e cobertura de corais. De trinta a oitenta porcento da destruição de corais e declínio de bentos, comunidade marinha (bentho), é devido a esta pratica. Estima-se que redes de arrasto (trawls) sozinhas são mais destrutivas que todas as outras práticas de pesca juntas. Pense que milhões de toneladas de vida marinha são presas neste processo (by catch/kill) e são “descartadas” mortas ou morrendo. Para cada libra de camarão (meio quilo) vendido e consumido mais de 20 libras (10kilos) de outras criaturas marinhas, como tartarugas, golfinhos, pássaros marinhos e tubarões, são mortos no processo. Então, da próxima vez que você pensar em comer camarão, pense nisto também.

Logo, vamos consumir peixes de cativeiro pois é mais sustentável certo? Errado de novo. Fazenda de peixes (nome chique aquacultura) não são sustentáveis. Além de ser superlotadas e infestadas de parasitas, contaminam nossos oceanos com seus lixos que incluem pesticidas e antibióticos. São também nocivas a vida marinha selvagem pois peixes em cativeiro são geneticamente modificados e põem em risco a vida selvagem quando escapam causando perturbação ao código genético e habitat natural selvagem. O mais perturbador é que para produzir uma libra de peixe em cativeiro se necessita de duas a seis libras de peixe selvagem! Quarenta e seis porcento de toda farinha de peixe produzida vai para alimentar peixes em cativeiro. Um terço de todo peixe pescado no mundo é usado como “farinha de peixe”, e você adivinha para que? Para alimentar o número crescente de gado. Os maiores consumidores de farinha de peixe! Porcos e galinhas especialmente, juntos eles consomem seis vezes mais que toda a população americana e duas vezes mais que toda a população japonesa. No próximo rank esta nossos amados gatos, através das comidas enlatadas (pet food). Desculpa trazer a tona mas é verdade.

Bom se até aqui você ainda não se convenceu que o consumo indiscriminado de peixes e as práticas de pesca industrial estão destruindo nossos Oceanos e toda vida marinha neles existente, olhe ao redor, pois a mudança climática é apenas o golpe de misericórdia, o efeito desta devastação. Como? A proliferação de algas são apenas um efeito da matança de top predadores como os tubarões, que são decimados aos milhões todo ano para consumo de sua barbatana ou by catch. Algas são compostas de fitoplâncton que absorvem a radiação solar e calor portanto aumentado a temperatura oceânica (SST) portanto causando o efeito estufa. Noventa porcento de todo o excesso de calor gerado no nosso clima desde dos anos sessenta foi sendo armazenado nos nossos Oceanos causando aumento de temperatura e perda de vida marinha. Cinquenta por cento de todo efeito estufa produzido por humanos também foi absorvido o que causou uma queda de trinta porcento do nível de PH causando portanto a acidificado dos nossos Oceanos e perda de vida marinha. Oceanos produzem mais da metade de todo o oxigênio produzido no mundo e absorve 70% de todo o gás carbônico também. Nossos Oceanos são o sistema circulatório do nosso Planeta. Altamente complexos, dinâmicos e interconectados. É habitat para OITENTA PORCENTO de TODA A VIDA NO PLANETA e parte vital para tudo e todos, se eles morrerem, nós também morreremos.

Entretanto, não faça das minhas as suas palavras. Pesquise, se informe, busque mas cave profundamente, pois devemos acordar para toda a vida que ha ao nosso redor. Não estamos sós, além de nós existem outros seres neste Planeta, a natureza, os Oceanos, os animais, e estamos todos conectados, não separados uns dos outros, somos Um.

Faça algo pela vida neste planeta, comece pelo o que escolhe por em seu prato.

Obrigada por ter chegado até aqui e ler esta matéria, compartilhe com a família e amigos. Vamos nos ajudar.

Um grande abraço a todos e até a próxima.

Namasté,

Silvia Leonel
SUSTAINABLE COOKING LAB

RESOURCES AND SUGGESTED READING MATERIAL
COMFORTABLY UNAWARE BY DR. OPPENLANDER
THE SUSTAINABILITY SECRET
COWSPIRACY
WHAT A FISH KNOWS BY JONATHAN BALCOMBE
http://www.fao.org/fishery/statistics/en

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.