CONTEÚDO ANDA

Bebê orangotango se recusa a abandonar sua mãe durante operação de resgate

Um conjunto de fotografias comoventes mostra um bebê orangotango agarrado à mãe enquanto ativistas se mobilizavam para salvá-los de aldeões que sequestram os bebês e os vendem como animais domésticos.

77

17/02/2017 às 06:40
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: IAR

Um conjunto de fotografias comoventes mostra um bebê orangotango agarrado à mãe enquanto ativistas se mobilizavam para salvá-los de aldeões que sequestram os bebês e os vendem como animais domésticos.

A mãe e o bebê foram encontrados no que foi descrito como uma situação de risco de morte por uma equipe local de resgate de animais em Ketapang, em Bornéu Ocidental (Indonésia).

Foto: IAR

Os ativistas regularmente lidam com chamadas para salvar orangotangos que se aventuram em aldeias e enfrentam grandes perigos.
O International Animal Rescue (IAR), com sede em Ketapang, foi alertado por moradores da aldeia vizinha de Sandai de que uma mãe e um bebê orangotango haviam sido vistos em uma plantação de seringueiras.

Imediatamente, a organização enviou uma equipe especializada em conflitos entre orangotangos e humanos para verificar o caso.
Os orangotangos que entram em aldeias em busca de alimento correm o risco de serem tratados como pragas e atacados, até mesmo mortos por fazendeiros ou trabalhadores de plantações.

Foto: IAR

Esses locais também são conhecidos por sequestrar os filhotes de suas mães para vendê-los como animais domésticos.

Uma vez que o IAR os localizou, os ativistas montaram um acampamento para a noite perto do ninho dos orangotangos e esperaram a chegada da equipe de resgate completa.

Na manhã seguinte, apesar da chuva, a mãe e o bebê foram libertados com sucesso na natureza.

Foto: IAR

Eles foram levados para uma nova e segura casa na floresta e agora são capazes de ter um futuro brilhante.  Uma declaração no site da instituição disse que os animais e os seres humanos geralmente evitam interações, mas devido ao desmatamento estes encontros são mais frequentes e podem terminar em circunstâncias trágicas.

“Os orangotangos e os seres humanos naturalmente evitar uns aos outros, tanto quanto possível. No entanto, a rápida taxa de desmatamento está fazendo com que os orangotangos fiquem mais próximos da habitação humana todos os dias à medida que procuram alimentos – isso tem causado um aumento no número de chamadas que nossa equipe recebe a cada dia e às vezes tem consequências trágicas”, diz o site.

“Os orangotangos são animais grandes e poderosos e, infelizmente, em grande parte por ignorância e medo, as pessoas usam a força bruta para subjugá-los. O Animal Rescue Internacional está empenhado em implementar um extenso programa de educação para ensinar as pessoas a não temer esses primatas em perigo, mas a respeitar sua força e luta para sobreviver”, completou, segundo o Daily Mail.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.