Soja é usada para produção de couro vegano e sustentável na Indonésia


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Ars Electronica

Em termos de alternativas de couro sem crueldade, algumas das opções mais inovadoras incluem o couro biodegradável à base de abacaxi da Piñatex, o couro do cogumelo “Muskin” e o couro à base de kombucha criado por pesquisadores da Universidade Estadual de Iowa, nos EUA.

Agora, a soja pode ser adicionada a esta lista. Pesquisadores da XXLab, um coletivo feminino que focado em arte, ciência e tecnologia livre em Yogyakarta, na Indonésia, tem utilizado a soja para diminuir a poluição da água, substituir o couro animal e oferecer um tecido sustentável.

Em um vídeo, Irene Agrivina, uma artista da XXLab, explica os motivos da criação do produto: “Há muito lixo jogado nos rios por causa da produção de tofu [pensamos] o que nós podemos fazer com estes resíduos e como transformá-los em algo valioso”.

O método de produção é igualmente interessante. A XXLab reúne os resíduos líquidos que resultam da produção do tofu, ferve-os com vinagre, açúcar e adubo, acrescenta bactérias e espera por 10 dias para a mistura se tornar celulose microbiana. Nesse ponto, a mistura pode ser seca.

O resultado? Tecido sustentável de baixo custo com zero desperdício que tem sido utilizado para a confecção de sapatos, bolsas e carteiras.

De acordo com o site, uma pesquisa também está sendo realizada para transformar “resíduos líquidos de soja em celulose comestível, biocombustível”.

Embora o produto ainda não esteja à disposição do público, a designer Ratna Djuwita espera que o couro de soja se torne uma “nova tendência de material” no futuro e que, ao compartilharem o processo, as pessoas possam aplicá-lo gratuitamente, segundo o Clearly Veg.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POLÍTICA PÚBLICA

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>