Potro ferido e deixado para morrer tem recuperação milagrosa


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Fremont Police Department/Facebook

No Dia dos Namorados de 2016, o Fremont Fire Department e Fremont Animal Services teve um dia muito interessante na Califórnia (EUA).

O controle de animais resgatou um potro de seis dias do fundo de um barranco. O pobre bebê estava lá por chocantes dois dias, com a pélvis quebrada e com muito frio em uma piscina de água. Para piorar, sua bacia quebrada estava perto de cortar uma artéria importante caso ele fizesse qualquer movimento.

Depois que o Fremont Fire Department e Fremont Animal Services conseguiu salvá-lo, a esperança de sobrevivência desse doce animal era pequena. “Ele tem vontade de viver. O veterinário ficou chocado ao perceber que ele sobreviveu”, disse Sarah Cattaneo, do Fremont Animal Services.

Se há um ano, o potro Valentine foi abandonado com uma pélvis quebrada no fundo de um barranco, agora, o responsável por ele deixou-o sob os cuidados da cidade de Fremont.

Valentine foi rapidamente levado para a UC Davis para receber tratamento de emergência sobreviveu a sua cirurgia e reabilitação. O vídeo acima mostra como Valentine está feliz agora, apenas um ano depois.

O Departamento de Polícia de Fremont postou o vídeo em sua página no Facebook e observou que Valentine está passando seu tempo com um treinador e indo maravilhosamente bem, segundo o One Green Planet.

“É um prazer estar perto dele”, disse o treinador. Ppodemos certamente ver o porquê. Ele está feliz e saudável.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>