Ainda existe carrocinha em Curitiba? Boato se espalha nas redes sociais


Imagem: Felipe Rosa

Um boato se espalhou nas redes sociais de que o caminhão da carrocinha tinha voltado a circular pela capital paranaense. Para acabar com as dúvidas, a prefeitura de Curitiba publicou uma nota

O serviço da carrocinha – que recolhia cães nas ruas e induzia à morte esses animais em uma câmara de gás – não existe mais em Curitiba desde dezembro de 2005. Mas um boato se espalhou nas redes sociais de que o caminhão da carrocinha tinha voltado a circular pela capital paranaense. Para acabar com as dúvidas, a prefeitura de Curitiba publicou uma nota esclarecendo que essa informação não é verídica e também explicou qual, afinal de contas, é a finalidade dos caminhões vistos nas ruas.

De acordo com a prefeitura, o veículo que aparece na foto ao lado é do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal da Saúde e é utilizado para recolher animais mortos em via pública. Outros caminhões são da Secretaria do Meio Ambiente e transportam animais para serem vacinados, castrados e chipados, devolvidos e até mesmo, quando possível, encaminhados os animais para adoção.

Fonte: Tribuna


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>