Cachorra resgatada de fazenda de carne saboreia o gosto da liberdade


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Reprodução, Humane Society

Enquanto a maioria de nós vê cães como membros da família e amigos, cerca de dois milhões de cães são mortos e consumidos na Coreia do Sul a cada ano. Calcula-se que há de dois e meio a três milhões de cães em fazendas de carne de cachorro coreanas e as condições em que estes animais são obrigados a viver são atrozes.

Eles são mantidos em gaiolas apertadas com pouco alimento ou água até que seus captores os matem e açougueiros os desmembrem para vender suas carnes em mercados.

Claire, a cadela que aparece no vídeo, foi uma dos dois milhões de cães que são vítimas dessa indústria cruel até que ativistas da Humane Society Internacional (HSI) a salvaram da morte, juntamente com outros 200 cães.

Ela e os outros cães irão embarcar em um avião rumo a um centro de resgate em Chicago (EUA), onde serão colocados para adoção para encontrar famílias amorosas. Esta é a sexta fazenda de carne de cachorro que a HSI fechou em sua campanha mais recente contra este comércio na Coreia.

Embora estes 200 cães sorte tenham escapado da morte, há muito mais filhotes que precisam de nossa ajuda. Mais de cinco milhões de cães são assassinados e consumidos em todo o mundo anualmente, mas podemos lutar para acabar com a prática bárbara ao conscientizar outras pessoas, reportou o One Green Planet.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>