PETA afirma que investigação sobre vídeo de maus-tratos em filme foi desonesta


Foto: Divulgação

A PETA (“People for the Ethical Treatment of Animals”, em português: “Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais“) está discordando da afirmação feita pela American Humane de que nenhum animal foi ferido durante a produção de “Quatro Vidas de Um Cachorro”, segundo informações do site Deadline. De acordo com a PETA, o relatório apresentado “deve ser recebido com ceticismo”, considerando o histórico do grupo.

A Instituição está pedindo ao American Human que divulgue o relatório escrito no dia do incidente envolvendo o pastor-alemão e o vídeo completo que os cineastas afirmam que viram.

No dia 19 de janeiro, o site TMZ compartilhou um vídeo dos sets de filmagem mostrando o cachorro sendo forçado a entrar em uma forte correnteza de água e quase se afogando ao fazê-lo.

Fonte: Cinema com Rapadura


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>