Mortes de 10 cachorros em 14 dias assustam moradores em São Carlos (SP)


Foto: Divulgação

Mais dois cães foram envenenados em São Carlos (SP), na terça-feira (7), na Vila Brasília. Um deles morreu. No Jardim Paulista, uma moradora encontrou três cães mortos e dentro de sacos de lixo. A matança de animais tem assustado a população. Nos últimos 15 dias, dois cachorros foram mortos amarrados na linha férrea e outros três foram envenenados no bairro Santa Angelina. Um cão morreu após ser arremessado de um prédio.

No caso da Vila Brasília, a tutora dos dois cães percebeu que eles estavam agonizando e espumando pela boca e os levou rapidamente ao veterinário. O laudo comprovou que a morte foi causada por envenenamento, provavelmente por ingestão de chumbinho. O caso aconteceu na Rua Luiz Lázaro Zamenhof.

A Guarda Civil Municipal (GCM) designou dois guardas para realizar os serviços de inteligência com o objetivo de identificar os autores dos crimes.

A GCM informou ainda que está intensificando os patrulhamentos nas áreas com maior incidência das mortes dos cães. A população também pode ajudar denunciando pelo telefone 153. Até o momento nenhuma pista concreta foi constatada.

Sacos de lixo

Na terça-feira, a protetora de animais Sisi Vanelli Viale contou ao G1 que encontrou três cães mortos dentro de sacos de lixo próximo à linha de trem no Jardim Paulista. Ela disse não saber o motivo das mortes, mas pretende registrar um boletim de ocorrência.

Sisi contou que em outras ocasiões já havia reparado em sacos semelhantes deixados no local. Na terça-feira, porém, ela abriu os sacos e se assustou. “Não tenho nem palavras para descrever o que eu sinto por conta dessa maldade que está acontecendo com os animais”, relatou.

Outros casos

Na sexta-feira (3), três cachorros foram encontrados mortos por envenenamento na Rua Elias Landgraf, no bairro Santa Angelina.

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma moradora da rua foi chamada por um vizinho por volta das 6h e foi informada que seu cachorro estava caído no quarteirão de cima. Ao chegar ao local, a mulher constatou que o cão estava morto e, perto dele, achou outros dois animais espumando pela boca.

Ela chamou a GCM e contou que um dos cães era do vizinho e não soube informar de quem seria o terceiro animal. Os guardas municipais registraram a ocorrência no terceiro distrito policial de São Carlos.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>