CONTEÚDO ANDA

Sea Sheperd e Marinha mexicana interceptam seis barcos de pesca no Mar de Cortez

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Sea Shepherd
Foto: Sea Shepherd

O navio da Sea Shepherd, Farley Mowat, encontrou e localizou seis barcos de pesca no Mar de Cortez no México depois de testemunhar as tripulações usando redes de pesca para caçar peixes em uma reserva marinha e esperar até que oficiais da marinha chegassem ao local.

De acordo com a Sea Shepherd, uma organização sem fins lucrativos da vida marinha, os pescadores estavam usando redes de emalhar proibidas para capturar totoabas bass, um peixe raro que a lei mexicana tem protegido desde 1975.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Os peixes são mortos por suas bexigas, que estimadas em US$ 20 mil por quilo no mercado negro da China. Os barcos de pesca foram interceptados pela Marinha mexicana e as tripulações foram imediatamente presas.

O Mar de Cortez, também conhecido como Golfo da Califórnia, é o lar de espécies raras de vaquitas, que são criticamente ameaçadas, já que restam apenas cerca de 60 delas na natureza.

Uma das principais causas da diminuição da população de vaquitas é a captura acidental nas redes de emalhar que os caçadores usam para pegar totoabas. Essas redes impedem as vaquitas de emergir, restringindo sua respiração e provocando afogamentos.

Em julho de 2016, o governo mexicano anunciou uma proibição permanente desses instrumentos, implantando definitivamente uma proibição de emergência imposta em 2015.

As embarcações da Sea Shepherd, Farley Mowat e Sam Simon, atualmente estão nas águas do Mar de Cortez, em busca de caçadores que pescam em áreas protegidas, segundo o World Animal News.

“A parceria da Sea Shepherd com a Marinha Mexicana está alcançando resultados. Todo navio de caça interceptado e preso significa mais um passo para impedir a extinção das vaquitas”, disse o fundador e CEO da Sea Shepherd, Paul Watson, em um comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui