JAN VAN IJKEN

Cineasta e fotógrafo holandês investiga o relacionamento dos seres humanos com outros animais

Há mais de 10 anos, o cineasta e fotógrafo holandês Jan Van IJken procura respostas sobre a relação entre seres humanos e outras espécies. Em 2005, retratou a contraditoriedade do...

68

30/01/2017 às 18:20
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Arquivo Pessoal

Há mais de 10 anos, o cineasta e fotógrafo holandês Jan Van IJken procura respostas sobre a relação entre seres humanos e outras espécies. Em 2005, retratou a contraditoriedade do comportamento humano com diferentes animais na séria de fotografias “Precious Animals” (Animais Preciosos). Enquanto as pessoas cuidam de cães e gatos, comem vacas e galinhas, por exemplo. 

Essa problemática continua em seu filme “Facing Animals” (2012), cujas imagens de fazendas industriais retratam o sofrimento de inúmeros seres vivos continuamente explorados e mortos. Nesta entrevista exclusiva, ele conta sobre seus trabalhos e faz uma breve análise sobre o tema.

ANDA: De que maneira surgiu seu interesse em investigar a relação entre seres humanos e outros animais?

Jan Van IJken – Na Holanda, tivemos vários casos de doenças em animais como gripe aviária e febre suína. Milhares de animais foram mortos. Eu ouvi quantos animais de fazenda existiam na Holanda: na época 16 milhões de porcos, a mesma quantidade de pessoas! Mas você raramente vê um porco na Holanda. Isso me fez refletir: onde estão todos esses animais e que tipo de vida eles vivem todos os dias? Por que nós nunca os vemos e como é nosso relacionamento com animais em geral? Então este foi o ponto de partida para o meu projeto de fotografia “Precious Animals”.

ANDA: Em “Facing Animals”, você mostra as diferenças no tratamento que outros animais recebem. Por exemplo, as pessoas cuidam de cães enquanto comem vacas, porcos, galinhas etc. Parafraseando o questionamento colocado pelo filme: Por que você acha que as pessoas ignoram o sofrimento de milhões de animais em fazendas industriais e cuidam de outras espécies?

Jan Van IJken – Acho que as pessoas fogem da realidade das fazendas industriais. Elas têm uma ideia sobre a vida dos animais nessas fazendas, mas não querem vê-los. Esses animais possuem vidas anônimas. Ao mesmo tempo, nossos próprios animais são frequentemente tratados com grande amor e cuidado, quase como membros da família.

Série Precious Animals, Foto: Jan Van IJken

ANDA: Você teve acesso a fazendas industriais, onde inúmeros animais são explorados e posteriormente assassinados. Como foi filmar dentro desses locais?

Jan Van IJken – Às vezes não foi fácil. Em algumas situações minha câmera era uma espécie de “tampão”.

ANDA: O trailer de “Facing Animals” não tem palavras, apenas imagens. Por que essa escolha?

Jan Van IJken – Eu acho que as imagens muitas vezes são mais fortes do que as palavras. Também em meus outros filmes, eu não usei entrevistas ou narrações.

Série Precious Animals. Foto: Jan Van IJken

ANDA: Atualmente, você trabalha em um novo projeto chamado “Born Naked”. Qual é a proposta dele?

Jan Van IJken – Será um projeto totalmente diferente, está atualmente na fase de desenvolvimento. Trata-se do parentesco e da origem comum do homem e do animal.

ANDA: Depois de mais uma década investigando a relação entre humanos e animais, que análise você faz sobre ela?

Jan Van IJken – Com demasiada frequência nós como seres humanos decidimos como classificar outros animais: se são adoráveis, saborosos, fofos. perigosos, prejudiciais etc. Seria bom, em minha opinião, se pudéssemos considerar o caráter e o comportamento natural de cada animal em nosso relacionamento com eles.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.