CONTEÚDO ANDA

Cão acorrentado durante 15 anos caminha pela primeira vez em liberdade

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Guardians of Rescue

Um cão idoso chamado Bear, que passou 15 anos acorrentado a uma casa de cachorro, está finalmente se se sentindo amado pela primeira vez em sua vida.

“Recebemos uma chamada sobre um cão que precisava de uma casa de cachorro. Mas quando chegamos lá, era ainda pior do que isso”, disse Robert Misseri, fundador e presidente do Guardians of Rescue (GOR), em um comunicado.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Os ativistas descobriram que Bear tinha passado toda a sua vida com uma corrente pesada no quintal do seu tutor, em Suffolk County, Nova York (EUA).

Foto: Guardians of Rescue

“Sabíamos que tínhamos que interferir para fazer a diferença na vida desse cão e assim fizemos”, disse Misseri. Felizmente, o tutor concordou em entregar Bear ao GOR para que ele pudesse ter uma chance de ter uma vida real.

Depois de deixar Bear livre da corrente, os ativistas o levaram diretamente para um spa para ele ser cuidado e o amor não parou por aí. Bear foi levado também a Porto Jefferson, Nova York e assim pôde ver a praia pela primeira vez em seus 15 anos de vida.

Ele brincou com os patos e gaivotas e ficou de pé por um longo tempo com as patas na água.

Foto: Guardians of Rescue

“Ele adora a areia entre as patas”, disse um dos ativistas, enquanto caminhavam ao longo da costa.

Este é apenas o começo para o cão idoso. Seus salvadores sabem que Bear tem muito que fazer, então planejam levá-lo para parques de cães e passeios de carro para que ele possa ver o mundo que perdeu por tanto tempo.

Depois de seu dia na praia, Bear teve outro deleite na loja: seu primeiro “puppuccino.”

“Um telefonema de alguém da comunidade movimentou as rodas que mudaram a vida de Bear. Essa é uma verdadeira história de sucesso e por que existimos”, afirmou Misseri ao The Dodo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui