Mulher oferece ajuda à vizinha após cão ser ameaçado de despejo


Foto: Arquivo Pessoal

O período de adaptação de um cachorro numa casa nova nem sempre é fácil. Além da tarefa de organizar a casa para receber o animal, ainda há outras questões envolvidas, como lidar com o medo inicial dele, com latidos em excesso e até mesmo com a compreensão dos vizinhos.

A atriz e produtora cultural Isabele Marinho, de 25 anos, sabe bem o que é passar por isso. Moradora do Tijuca, no Rio de Janeiro, a atriz recebeu um abaixo-assinado dos vizinhos do prédio onde mora pedindo o despejo da cadelinha que ela havia adotado há menos de um mês.

A pequena Prada foi adotada no começo de janeiro, numa feira de adoção na Praça Afonso Pena. “Ela era o filhote que tinha sobrado de todos os outros da ninhada dela, então sempre que saímos para trabalhar ela chora. Acho que é um pouco de medo de ser abandonada”, diz ao Catraca Livre.

A atriz ficou sabendo do abaixo-assinado de despejo há poucos dias, e acredita que a ideia é de uma vizinha que “nunca foi paciente”.

Em meio à incompreensão dos moradores do prédio, veio uma surpresa. “Um dia, quando cheguei em casa, tinha um papel grudado com durex na minha porta. Eu achei logo que fosse a vizinha ‘encrenqueira’ me fazendo uma carta”.

Na verdade, o bilhete era de sua vizinha de porta, a Fernanda, oferecendo ajuda para cuidar da cadelinha quando a tutora não estivesse em casa.

“Soube que estão fazendo um abaixo-assinado reclamando do seu cachorrinho e fiquei profundamente indignada. Filhotes realmente choram no início e é muita intolerância pedirem que você se desfaça dele. Uma alternativa que encontrei é oferecer a minha casa para que ele fique nos dias que você for passar muito tempo fora”, diz o texto.

A carta foi compartilhada no Facebook de Isabele e soma, até o momento, mais de 20 mil curtidas.

“Não estou aqui pra falar da maldade das pessoas, e sim do porquê de eu sempre preferir acreditar nas melhores intenções de cada um. É por culpa das ‘Fernandas’ da vida que eu não desisto”, escreveu a atriz.

Confira a publicação abaixo:

Fonte: Catraca Livre


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>