Potro com necessidades especiais salta de alegria após ser salvo da morte e receber prótese


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: GoFundMe
Foto: GoFundMe

O potro só tinha poucas horas de vida, mas ele ia ser morto. Ele tinha nascido sem três ossos em sua perna e o quarto osso não estava totalmente formado. O fazendeiro amish que mantinha o pequeno cavalo considerou-o inútil devido a sua condição.

O potro – mais tarde chamado de Trident – pode ter nascido sem os ossos da perna, mas sua chegada ao mundo ocorreu no lugar e no momento certos. Uma parteira nomeada Tuesday Lach estava fazendo um exame de saúde em uma mulher na fazenda de Indiana (EUA) quando ouviu sobre Trident e os planos do fazendeiro de provocar sua morte.

A irmã de Lach, Dawnell Kilbourne, é cuidadora de animais no Woodstock Farm Animal Sanctuary, em Nova York. Tuesday contatou Kilbourne para discutir o que poderiam fazer em relação a Trident.

Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary
Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary

Em seguida, as irmãs entraram em contato com Ronnie Graves do Veterinary Inclusive Prosthetics and Orthotics para ver se Trident seria um bom candidato para receber próteses.

Graves estava na Flórida, mas ele viajou até Indiana para tirar um molde da perna de Trident. Então, de volta à Flórida, Graves construiu a primeira prótese de Trident e a enviou para a fazenda.

Depois que Lach e Kilbourne ajudaram Trident, elas fizeram arranjos com o fazendeiro para manter Trident na propriedade até que encontrassem outra casa para ele.

A sobrinha de Kilbourne, que morava perto da fazenda em Indiana, começou a trabalhar com Trident para que ele se acostumasse a sua nova prótese.

Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary
Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary

Entretanto, quando o ano letivo começou algumas semanas mais tarde, a sobrinha de Kilbourne não podia mais ficar com Trident. Kilbourne e sua irmã tentaram encontrar um grupo local de resgate de cavalos que levaria Trident, mas não tiveram sorte.

Se o deixassem naquele local, ele seria morto, especialmente depois que o fazendeiro percebeu quanto tempo, dinheiro e atenção o potro exigiria.

Ao saberem disso, Kilbourne e Kathy Keefe, diretora do Woodstock Farm Animal Sanctuary, decidiram dirigir 12 horas e meia para resgatá-lo e levá-lo de volta para o santuário. Trident seria o primeiro cavalo em Woodstock e uniu-se a um grupo de cabras, porcos, coelhos, vacas, patos, ovelhas, perus e gatos.

Além de sua perna deformada, ele tinha outras questões. “Trident foi desmamado de sua mãe aos três meses, o que é muito jovem. Seus pés não tinham sido cuidados, seus cascos precisavam ser cortados. Ele estava um pouco nervoso, mas curioso e saiu da tenda comigo sem nenhum problema”, disse Keefe ao The Dodo.

Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary
Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary

Trident foi um bom viajante no longo caminho até Nova York e se adaptou bem à vida no santuário, assim como a sua nova perna.
“Ele adora passar um tempo fora e o vê muitas vezes empinando-se e correndo com sua prótese”, disse Keefe.

Ele pode ser o único cavalo no santuário, mas está fazendo muitos amigos. “Tridente ama todas as vacas. Seus vizinhos no momento são Ralphie, Dylan, Maybelle e Kayli. Ele é muito curioso e coloca seu rosto através da cerca para verificar todos”, acrescentou Keefe.

Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary
Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary

Uma vez que o potro ficar mais acostumado ao seu suporte, a equipe de Woodstock planeja resgatar outro cavalo para que ele tenha outro amigo.

“Trident será capaz de ter uma vida plena agora que está no santuário conosco. Ele sempre será um cavalo com necessidades especiais, mas continuaremos a ajudá-lo com novas próteses enquanto ele continua crescendo e envelhecendo”, disse Keefe.

Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary
Foto: Woodstock Farm Animal Sanctuary

Os veterinários do Rhinebeck Equine Hospital continuam a trabalhar com Trident e ficaram surpresos ao ver o quão bem Trident está com a sua nova perna.

“Eles nunca veem seu tipo de caso, poia a maioria dos cavalos em sua condição teria sido morta. Eles ficaram céticos até que viram o trabalho de Ronnie e perceberam que Trident poderia ter uma vida real no santuário. Repetidamente nos dizem que não poderiam imaginar um lugar melhor para Trident”, finalizou Keefe.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POLÍTICA PÚBLICA

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO

BARBÁRIE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>