CONTEÚDO ANDA

Não conseguia dormir: elefanta deprimida encontra conforto em nova amiga

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Facebook/Lek Chailert
Foto: Facebook/Lek Chailert

Baan Yen, uma elefanta de 50 anos, é obviamente assombrada por seu passado perturbador. Depois de ser resgatada de um acampamento de elefantes, onde foi abusada durante os últimos 20 anos, ela ainda não conseguia dormir.

Ela estava acordada há cerca de uma semana quando ativistas a levaram para sua nova casa, o Phuket Elephant Sanctuary, no sul da Tailândia.

Devido à extrema fraqueza de Yen, ela recebeu fluidos para ajudá-la a recuperar sua força. Seus salvadores acreditam que a fonte de algumas das dores de Baan Yen é a lembrança de ter sido forçada a se reproduzir anos atrás, quando sofreu ferimentos.

Foto: Facebook/Phuket Elephant Sanctuary
Foto: Facebook/Phuket Elephant Sanctuary

Esta poderia ser a razão pela qual ficou tímida com os outros elefantes do santuário no início: ela tem memórias obscuras não só por interagir com as pessoas, mas também com sua própria espécie.

“Disseram-nos que ela tinha parado de deitar-se para dormir e estava muito cansada. Juntamente com os cuidados veterinários, também estamos passando muito tempo conversando com ela e tranquilizando-a, já que ela parece profundamente preocupada, mesmo deprimida”, escreveu o santuário.

Foto: Facebook/Phuket Elephant Sanctuary
Foto: Facebook/Phuket Elephant Sanctuary

Mas logo Baan Yen começou a encontrar os outros elefantes resgatados no santuário. Apesar de seu passado problemático, ela parecia perceber que estava entre amigos.

“Baan Yen tem traumas físicos e mentais e estamos cercando-a com tudo de que precisa para que possa lentamente começar a compreender que terá uma bela vida conosco”, escreveu o santuário.

Dok Gaew, outra elefanta idosa e exausta no santuário, decidiu recentemente se aproximar de Baan Yen, para ajudá-la. Ela colocou seu tronco sobre uma cerca para tocar Baan Yen.

Foto: Facebook/Phuket Elephant Sanctuary
Foto: Facebook/Phuket Elephant Sanctuary

“O que é tão bonito sobre essas fotos é que a nossa mais exausta elefanta Dok Gaew está confortando uma Baan Yen profundamente chateada. Ficamos em silêncio assistindo a este momento muito especial e estamos certos de que Dok Gaew estava dizendo, ‘vai ficar tudo bem”, declarou o santuário. Quando o Natal chegou, Baan Yen parecia se sentir muito mais em casa.

“Não poderíamos ter pedido um presente de Natal melhor do que ver Baan Yen começando a se sentir um pouco melhor. Ela está passando seus dias fora na área superior da floresta junto com Gaew Ta, nossa elefanta cega”, escreveu o local.

Parece que o passado de Baan Yen ficou finalmente para trás, reportou o The Dodo.”Os elefantes experimentam muitas emoções profundamente, incluindo tristeza, depressão e luto, são compassivos e expressam amor, alegria, felicidade e têm um profundo entendimento uns dos outros. Eles são os animais mais incríveis e temos muito a aprender com eles”, concluiu o santuário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui