Cão baleado passa dias aguardando resgate em Portugal


Cão baleado
O cão aguardou pelo resgate por dias | Foto: Dr / Associação Sourepatas

Um cão foi atingido a tiros, presumivelmente, de caçadeira, no passado dia 19, em Lousões, no concelho de Soure, em Portugal. O animal ficou cinco dias sem assistência veterinária, disse ao JN o presidente da associação de defesa animal Sourepatas, Pedro Simões.

“Não houve um cidadão ou uma cidadã que o recolhesse, acolhesse e transportasse para uma clínica veterinária”, durante “quase uma semana”, lê-se na página do Facebook da Sourepatas.

O animal, com cerca de dois anos, foi atingido numa pata dianteira, tendo ficado com o úmero partido. Só na sexta-feira, “após relato de um residente”, é que foi recolhido por funcionários da Câmara Municipal e levado a uma clínica, no dia seguinte, por um voluntário da associação, entretanto contactada pela Autarquia.

O animal esteve aquele tempo todo na povoação, em sofrimento, “e ninguém disse nada”, lamentou Pedro Simões, adiantando que se suspeita de quem tenha sido o autor do crime, mas reina o silêncio, por medo de represálias. Seja como for, garantiu, será formalizada queixa junto da GNR, “nem que seja contra incertos”.

O cão, que está medicado e vai ser operado na sexta-feira, ainda não tem nome definido. Na clínica veterinária, ficou registado como Lousões, a aldeia onde foi alvo de maus-tratos, como outros animais terão sido antes dele, alegadamente por ação da mesma pessoa, soube o JN.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: JN


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

RETROCESSO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>