Vídeo mostra pescadores de Taiji tratando golfinhos como se fossem lixo


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Sea Sheperd Cove Guardians
Reprodução/Sea Sheperd Cove Guardians

Quando as pessoas frequentam parques marinhos como o SeaWorld, elas veem animais marinhos de perto  e realizando truques impressionantes. Isso parece um sonho para quem nutre um fascínio profundo por golfinhos ou baleias orcas. Porém, infelizmente, para os animais é um verdadeiro pesadelo.

A indústria do cativeiro de espécies marinhas cresceu muito nos últimos 50 anos e inúmeros animais foram sequestrados de suas casas no oceano e colocados em minúsculos tanques.

A demanda por animais vivos em parques marinhos e aquários em todo o mundo tem levado à perpetuação de cruéis passeios com golfinhos sequestrados em Taiji, no Japão. Todos os anos ocorre a terrível caça anual dos animais na região e um grupo de pescadores vai até a infame “enseada” para encurralar os golfinhos em suas redes.

Uma vez capturados, alguns golfinhos são espancados e brutalmente mortos por sua carne enquanto outros são vendidos para instalações que os mantêm em cativeiro.

O vídeo acima feito pela Sea Shepherd’s Cove Guardians mostra o desrespeito e o descaso que esses pescadores sentem por estes animais inteligentes. Eles pegam e jogam os  golfinhos vivos como se não fossem nada mais do que  mercadorias inanimadas.

Os golfinhos são animais altamente emocionais e inteligentes  e não “peixes que não sentem” e ou que não podem compreender a dor de serem arrancados de suas famílias e de sua liberdade.

Conforme o Sea Shepherd escreve no Facebook: “Os golfinhos não pertencem aos humanos. Eles não estão aqui para os seres humanos jogá-los, arrancá-los de suas famílias, da natureza e nem para o nosso entretenimento”.

Todos nós podemos ajudar a acabar com o cativeiro de animais optando por não visitar instalações como parques e aquários que lucram com a exploração de outras vidas a qualquer custo, informou o One Green Planet.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>