Filhote de raposa é resgatado coberto de lama em Londres


Foto: Divulgação | Hypescience
Foto: Divulgação | Hypescience

Trabalhadores de uma construção na cidade de Londres, na Inglaterra, ouviram choros que pareciam ser de algum filhote vindo de um dos enormes buracos escavados na obra. Depois de uma olhada rápida, constataram que havia um filhote de cão totalmente mumificado com lama e pedaços de plástico.

Ao tentar limpar o bichinho, eles logo perceberam que não se tratava de um cachorro, e sim de um animal selvagem. Eles chamaram especialistas do Essex Wildlife Hospital para buscar o filhote, e a equipe passou horas removendo a lama dura do pelo do animal.

Foto: Divulgação | Hypescience
Foto: Divulgação | Hypescience

Uma vez sem lama, foi possível constatar que o bebê era uma raposa de quatro meses de vida. “Ele com certeza teria tido uma morte horrorosa se não tivesse sido encontrado. Ele estava muito frio e em choque, mas está tudo bem agora. Ficamos com dó dele, porque ele estava completamente coberto e paralisado” afirma a diretora do hospital, Su Schwar.

A equipe do hospital decidiu nomear o animal de “Muddsey”, ou “Laminha”. Sua mãe foi procurada na região, mas não foi encontrada. O filhote deve permanecer sob os cuidados do hospital de vida selvagem até que esteja grande o suficiente para ser retornado à natureza.

É possível que a toca de sua família tenha sido destruída pela construção, que está ocupando a região pela primeira vez. Um novo bairro de residências de subúrbio está sendo construído ali.

Fonte: Hypescience


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRIME AMBIENTAL

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>