Imagem mostra reação tocante de cão resgatado de fábrica de filhotes


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: National Mill Dog Rescue/Facebook
Foto: National Mill Dog Rescue/Facebook

Se você já foi fazer compras em um shopping e passou por uma loja de animais provavelmente foi difícil não se encantar com os filhotes expostos ali principalmente quando os cães observam as pessoas com seus olhos comoventes. Mas, infelizmente, estes animais são explorados por uma indústria que é tudo menos adorável.

As fábricas de filhotes são grandes instalações comerciais de reprodução de cães, normalmente gerenciadas como uma “fazenda”. Nestes lugares, o bem-estar e a felicidade dos cães não são uma prioridade para os proprietários que visam acima de tudo ao lucro.

Os cães são geralmente mantidos em pequenas gaiolas de arame lotadas e sem o mínimo de cuidados necessários para sobreviverem. A falta de espaço, a nutrição inadequada, a má higiene e o excesso de nascimentos desenfreados são comuns nessa indústria cujas vítimas possuem uma série de problemas de saúde que incluem problemas dentários,  de pele, infecções nos olhos, orelhas e garganta e severas deformidades genéticas.

Mas graças ao pessoal amável do National Mill Dog Rescue (NMDR), cuja missão é “resgatar, reabilitar e realocar cães descartados”, estes animais estão recebendo a chance de ter uma vida feliz.

A NMDR publicou recentemente uma adorável foto de um dos cães sob seu cuidado, Connor. Ele é um chihuahua de dois anos que foi resgatado de uma fábrica de filhotes e agora está procurando um lar definitivo. Foi somente agora que este doce filhote aprendeu que os seres humanos podem fazer mais do que apenas machucá-lo.

Connor é compreensivelmente tímido com novas pessoas e precisa de uma família calma e paciente, onde ele pode continuar a descobrir os prazeres de ser um cão. No entanto, a NMDR explica que uma vez que ele se acostuma com uma pessoa especial, o cão adora trocar carinhos e brincar.

Os cães resgatados dos horrores das fábricas de filhotes têm uma socialização mínima e, por isso, o amor e a paciência das pessoas é fundamental. É preciso conscientizar o público a nunca apoiar esta indústria cruel e sempre adotar ao invés de comprar um cão, reportou o One Green Planet.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>