Café vegetariano se nega a aceitar notas de cinco libras com gordura animal


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A descoberta do uso de gordura animal em nota de cinco libras já trouxe muitas alterações no dia a dia de cidadãos inglêses. Após o anúncio do Banco Central, Sharon Meijland, dona de um café vegetariano em Cambridge, decidiu colocar cartazes avisando seus clientes que, em seu estabelecimento, a nova nota de cinco libras não será aceita.

Em entrevista ao site Sky News, Sharon explicou que entre os clientes a reação foi positiva. Mesmo assim, a comerciante diz que recebeu alguns comentários contrários e críticas, mas assegura que não está à procura de publicidade. Ela acredita que está sendo alvo de críticas e insultos porque assumiu uma posição pública contra a exploração de animais.

Após o anúncio, a comunicação social britânica recebeu críticas e queixas. Uma petição pública, criada pelo cidadão cidadão vegano Doug Maw, já reúne mais de 10 mil assinaturas pedindo que o Banco da Inglaterra utilize uma alternativa ética e livre de exploração animal na emissão de notas de cinco libras.

Com informações de Notícias do Mundo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

ASFIXIA

ATO DE AMOR

GENEROSIDADE

MOÇAMBIQUE

ÍNDIA

MINAS GERAIS

ESTUDO

CONSUMO CONSCIENTE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>